sábado, 1 de outubro de 2016

Atualização Patrimonial - SET/16

Bom dia pessoal:

Mais um mês se passou e, felizmente, os resultados são positivos. Vejo muitos colegas na blogosfera evoluindo nas suas metas financeiras e pessoais, isso é muito importante. É como sempre digo por aqui, não se trata apenas de chegar lá, mas temos de aproveitar a jornada.

Baseado neste ponto que sempre comento por aqui, eu decidi alterar algumas coisas na minha vida. A primeira delas, eu voltei a fazer exercícios pois precisava sair do sedentarismo com urgência. Nos ultimos anos eu tive uma rotina que propiciou crescimento profissional, mas nao fez bem a minha saude. Eu comecei a me dedicar a implantação de projetos, pois queria ser promovido e precisava mostrar serviço. Para isto nao tinha horário, fim de semana e nem feriado - obtive excelentes resultados e consegui as promoções almejadas, mas aumentei demais o nivel de ansiedade e parei de praticar exercícios. Logo na sequencia, eu cursei o MBA e por ultimo o mestrado - apesar de ser muito bom para o desenvolvimento profissional e pessoal, eu nao recomendo fazer estes cursos em curto espaço de tempo entre eles, pois são cursos que exigem bastante dedicação e voce não vai ter tempo e descanso nos finais de semana.

Essa rotina que ocorreu nos ultimos 10 anos, me levou a seguinte situação:

- Falta de qualidade no sono (muitas vezes demoro bastante para dormir, além de dormir poucas horas);
- Aumento ansiedade (se tenho uma reunião importante ou algum compromisso, sinto muita ansiedade);
- Ganho de peso (comecei a me alimentar mal e em horarios muito irregulares);
- Sedentarismo (como disse antes, eu parei de fazer exercícios neste período);

Além de tudo isso, eu tenho um histórico familiar de problemas cardiacos e diabetes; ou seja, preciso me cuidar bastante. E decidi fazer isso a partir de agora - na verdade, estou praticando os exercicios regularmente faz duas semanas e ja perdi alguns quilos, além de ter melhorado a minha ansiedade - mas o caminho é longo e ainda falta bastante coisa para percorrer - mas o importante neste momento é a disciplina para incorporar o novo hábito.

Além da questão de exercícios, outro ponto que tenho de melhorar é em relação ao trabalho. Como falei em outras oportunidades, se voce nao coloca limites no lado profissional a demanda do mundo corporativo vai te engolindo. Então, eu venho dizendo NÃO para muitas coisas e isso já causou alguma indisposição com o meu chefe. Mas eu realmente preciso priorizar o lado pessoal - continuo entregando os resultados na empresa, mas tenho de priorizar o tempo com os amigos, familia, lazer, etc...

Outro ponto importante é que parece que quando acontece alguma coisa com alguns colegas, o efeito vem em cascata e vai acontecendo coisas em série. Alguns colegas tiveram recentemente despesas extraordinárias que os fizeram vender parte dos seus ativos ou deixar de aportar e algo parecido aconteceu comigo:

- Fui novamente convidade para ser padrinho de casamento que vai ocorrer em Novembro e isso significa despesa com presente e necessário comprar um terno;
- Minha mãe foi diagnosticada com uma pedra na vesicula e foi necessário operar. Apesar da operação ter sido realizada pelo SUS em um hospital (universitário) de excelente qualidade, os quartos destinados para pacientes do SUS eram muito ruins e decidimos pagar pela acomodação particular; além disso despesas com remédio, exames e uma pessoa para limpar a casa (vem uma vez por semana) durante a recuperação da minha mãe (todas as despesas divididas entre meu irmão e eu);
- O carro parou de funcionar e foi necessário a troca da bateria. Despesa menor, mas ainda assim nao estava prevista.

Com isso, a minha previsão é que o dinheiro dos aportes de Outubro será destinado as despesas com a recuperação da minha mãe e o dinheiro dos aportes de Novembro será destinado as despesas com o presente de casamento e roupas. Previsão de aportar novamente em Dezembro (inclusive com o adicional de decimo terceiro salário).

Mas vamos ao que interessa - os resultados do mês de Setembro.

1 - Poupança:


Nenhuma novidade na movimentação na Poupança. A reserva de emergência está lá e mesmo com a questão de saúde na familia, nao foi necessário desmobilizar ocapital - pois negociei para pagar as despesas médicas em prestações para comprometer somente o dinheiro do aporte e nao prejudicar meu irmão que está dividindo as despesas comigo.


2 - Tesouro Direto:


Com os rendimentos de aluguel recebidos dos FII´s, eu comprei mais um titulo NTNB principal 2024. Neste momento, eu tenho a seguinte alocação na carteira: R$35K em NTNB principal 2024 / R$28K em LFT. O plano é continuar investindo em Renda Fixa até ter uma composição de 50% ativos em renda fixa e 50% ativos em FII; porém com a recente alta dos preços dos FII´s, terei de fazer mais aportes em Renda FIxa e vai demorar mais do que o esperado para igualar as carteiras - ainda bem que esse é um problema bom, pois significa que o patrimonio está aumentando.


3 - FII:


Como mencionei anteriormente, os ativos FII continuam subindo de preço devido a possibilidade (já quase real) de queda de juros no Brasil. Desta forma, eu nao venho adquirindo mais FII´s mas venho utilizando o dinheiro dos alugueis recebidos para me posicionar cada vez mais na renda fixa e trazer equilibrio à carteira de investimento. Ainda existem algumas oportunidades para investir em FII e quero me posicionar em laguns ativos que nao tenho em carteira, como: SHPH e BBRC; mas por enquanto tenho de ter disciplina para equilibrar a carteira e trazer mais estabilidade com os ativos de renda fixa.


4 - Total:


Aumento de R$3K no patrimonio, mesmo sem aportes. É isso ai pessoal, foco na IF e vamos em frente !!!

Um grande abraço,

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Como não Conseguir uma Transferência no Trabalho

Boa tarde pessoal - tudo bem ?

Anteriormente, eu havia falado sobre como não conseguir uma promoção no trabalho e hoje eu vou falar sobre como não conseguir uma transferencia  no trabalho.

Tirando a ironia a parte (seria engraçado se não fosse trágico), vou procurar falar sobre mais uma das nuances politicas que enfrentamos diariamente no mundo corporativo. Não quero ficar mostrando coisas do mundo corporativo de forma negativa - existem também muitas coisas boas que acontecem - mas é importante colocar as dificuldades enfrentadas no dia a dia, pois sei que diversas pessoas tem o objetivo de assumir um cargo de liderança em uma grande empresa, e as vezes não enxergam alguns percalços que existem no caminho.

Indo ao ponto da postagem de hoje, a empresa onde trabalho tem um sistema interno onde ficam disponiveis as vagas em aberto em todas as unidades ao redor do mundo. A ideia é que os funcionários estejam cientes das vagas que existem em aberto e possam participar de um processo de seleção interna - caso nenhum empregado da empresa seja aprovado no processo de seleção interno, então a vaga é aberta para concorrencia de candidatos no mercado.

Esta semana estava olhando o sistema interno em busca de informações sobre um projeto desenvolvido na China; e aproveitei para dar uma olhada nas vagas internas. Para minha surpresa havia diversas vagas abertas, sendo aproximadamente 30% das vagas para os Estados Unidos.

Fiquei bem interessado porque ao verificar as vagas, havia duas vagas para Estados Unidos para as quais eu poderia me candidatar. Ciente de como funciona a politica interna nas empresas, eu ja imaginei que teria de falar com meu chefe (o mesmo que tentou "puxar meu tapete" em um projeto anterior) para me candidatar ao processo de seleção interna. Por causa do histórico deste meu chefe, eu decidi tomar algumas precauções e me candidatei as duas vagas sem nem mesmo falar com ele.

Depois disso, fui lá e agendei uma conversa, mostrei as vagas para ele e disse que gostaria de participar do processo de seleção. Apresentei as justificativas, historico profissional e porque achava que meu perfil era adequado; e ele concordou em levar meu nome para o comite de RH da empresa pedindo uma recomendação a minha candidatura. Achei estranho ele concordar logo de cara e nao colocar nenhum impecilio para eu participar deste processo, mas resolvi dar um voto de confiança - eu já tinha me candidatado as vagas de qualquer forma.

Depois de dois dias, ele não havia retornado nenhuma informação sobre a aprovação ou rejeição no comite de RH - então eu liguei para um Diretor que tenho amizade e que trabalha no México (e conhece bem o pessoal dos Estados Unidos) e pedi para ele me recomendar para a vaga, falando diretamente com o pessoal da Terra do Tio Sam. Também falei com um Diretor que trabalha no Brasil, mas trabalhou muitos anos nos USA, para ele também falar com o contato dele na América e recomendar meu trabalho.

No dia seguinte o Diretor do México me ligou informando que já havia falado com o contato nos USA; e para minha surpresa, ele disse que havia mais pessoas do Brasil concorrendo a vaga. Achei estranho porque eu nao havia comentado com ninguém, e apesar das vagas estarem disponiveis no sistema interno da empresa, poucas pessoas costumam ficar verificando as oportunidades em aberto - ainda é uma ferramenta não muito divulgada pelo Departamento de Recursos Humanos.

Usando da minha amizade, eu pedi para ele verificar quem era a pessoa do Brasil concorrendo a vaga - e (vocês ganham um doce se adivinharem) meu chefe havia falado com o comite de RH e solicitado uma recomendação para ele mesmo. É isso mesmo, em vez de indicar o meu nome como combinamos na conversa, na hora da reunião ele havia solicitado uma recomendação para ele mesmo - ou seja, estava tentando puxar meu tapete de novo. Eu entendo perfeitamente a pessoa querer ir para os USA (metade da humanidade quer ir para lá); mas poderia ter conversado comigo e falado que iria solicitar recomendação para nós dois e que a disputa na seleção interna iria determinar quem ficaria com a vaga. Mas ao contrário disso, ele nao mencionou meu nome e solicitou a recomendação apenas para ele.

Por este motivo, foi providencial eu ter feito a minha candidatura sem ao menos ter falado com ele. Além disso, eu já tinha recomendação de dois Diretores que eu tenho amizade e haviam telefonado para o pessoal dos Estados Unidos e recomendado o meu trabalho. Decidi então colocar o pé no acelerador de vez e solicitei uma reunião com o superior do meu chefe (isso mesmo, quando a coisa não anda damos um balão e vamos no chefe do chefe...rsrsrs). A reunião foi muito boa (esse camarada gosta bastante do meu trabalho) e ele se prontificou a ligar para a pessoa que estava comandando a seleção interna e também para o lider da area nos USA. Pegou o telefone e ligou imediatamente, pedindo para eu ficar na sala para ouvir a conversa. O pessoal dos USA atendeu e ele elogiou bastante o meu trabalho e salientou que ele achava que eu estava preparado para assumir a posição e seria um ganho para a equipe americana.

Então, o lider da area nos USA perguntou se ele achava que eu poderia atender a uma conversa por telefone na próxima semana (quinta ou sexta feira), além de pedir para este "chefão" me falar para enviar o "resume". O chefão (vou chamar ele assim para diferenciar do meu superior imediato) fez um sinal de cabeça para mim questionando se estava bom para eu falar na proxima semana, eu balancei a cabeça dizendo que sim e ele pediu para o cara bloquear a agenda que ele iria falar comigo.

Depois de alguma conversa, eu sai da sala e enviei o "resume" para o lider da area nos USA. Ele respondeu algumas horas depois, dizendo que havia gostado da minha formação e experiencia e que gostaria de conversar na quinta feira. Eu prontamente aceitei e agradeci a oportunidade.

Peguei o telefone e falei com o Diretor do Mexico - e ele por ter amizade com este lider da area nos USA, também ligou para ele e recomendou novamente meu nome. Nestes momentos, as contratações ocorrem por "critérios politicos e de indicação", infelizmente a competencia fica em ultimo lugar nos critérios de avaliação.

Buscando ter um numero ainda maior de indicações politicas, eu liguei para meu ex-chefe na empresa onde trabalhava anteriormente (esse meu ex-chefe é americano e está de volta aos USA) e por ser uma grande empresa multinacional eu sabia que uma carta de recomendação por parte dele seria muito bem vinda. 

Ele me enviou a carta de recomendação (muito elogiosa por sinal) e pediu o contato do camarada nos USA para que ele pudesse falar diretamente. Eu enviei um email para o lider da area nos USA perguntando se ele gostaria de entrar em contato com esse meu ex-chefe e, por meu ex-chefe ser um cara que ocupa um alto cargo em uma empresa bem famosa, obviamente esse lider da area nos USA viu a oportunidade de ampliar o seu network; ou seja, eu ofereci um contato que dificilmente ele iria conseguir sozinho.

Meu ex-chefe entrou em contato e também fez uma recomendação bem elogiosa. Então, com estas iniciativas, eu disparei todos os cartuchos que eu tenho. Tentei obter recomendações politicas relevantes, consegui recomendação de uma pessoa com alto cargo em instituição reconhecida, consegui dois grandes diretores (que tem amizade com o lider do processo de seleção) me recomendando para a vaga.

Agora tenho de aguardar a conversa de quinta feira; sabendo que é um processo muito dificil - pois pessoas do mundo inteiro estão se candidatando para esta vaga e a disputa será em muito alto nível. De qualquer forma, além de pedir a torcida de voces, eu queria dividir como as pessoas acabam caminhando nos "atalhos" dos processos para conseguir recomendações para alcançar seus objetivos e também como meu chefe usou estes mesmos "atalhos" para tentar ter uma recomendação unica para a vaga e tornar a disputa mais fácil para ele.

Esta é a vida no mundo corporativo !!! Para aqueles que querem assumir um cargo executivo em empresas multinacionais de medio e grande porte, saibam que este tipo de ambiente politico é a regra (e não a excessão) neste tipo de organização. Claro que salário e beneficio também sao atraentes, além de oportunidades como esta que estou concorrendo - ainda que com poucas chances de realmente conseguir a transferencia. Mas o importante é que a organização fica sabendo da vontade de obter uma experiencia internacional e também pessoas aos redor do mundo ficam sabendo da sua disponibilidade de movimentação.

Acho que por hora é isso; mas semana que vem terei mais novidades.

Um grande abraço, pessoal !!!

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Despedida do Pobretão - Minha Opinião e Um Agradecimento !!!

Boa tarde pessoal - tudo bem ?

Esta semana fomos surpreendidos com a noticia de que o colega Pobretão (blog Vida Ruim de Pobre) estava fechando o blog definitivamente. Essa noticia me deixou intrigado, pois o Pobretão tinha um dos blogs com o maior numero de acessos e comentários e também era um dos blogs mais antigos, tendo começado as atividades em 2012.

Muitos colegas iniciaram os blogs para participar e interagir no famoso Ranking do Milhão - eu mesmo criei o blog basicamente com este propósito no inicio, e somente depois fui conhecendo outros colegas e passando a acompanhar a jornada de cada um. Conheci o blog do Pobreta através de uma postagem que o Fabio fez no antigo blog O Pequeno Investidor, onde ele mencionava o Pobretão e sua busca para viver de uma forma low cost e frugal. 

Depois disso eu conheci o Corey, Bye Bye Brasil, Doutor Honorários, Eike Rico, Mobral, Investidor Troll, Mr. Rover, Soul Surfer, Viver de Renda, etc... (isso somente para citar os mais antigos e atuantes naquele período). Em um segundo momento fui conhecendo os demais colegas que tenho no blogroll e outros ainda que acompanho o blog e a jornada através de visitas esporádicas quando o tempo permite.

Sempre achei interessante a ideia de criar algo identificado aos jovens e relatar as dificuldades financeiras e sociais que muitas pessoas enfrentam - acho que neste ponto o Pobreta tem um grande mérito, pois fez isso com muita competencia. Depois vieram as polemicas, como o famoso All In nas ações da ELPL, outras polemicas com outros blogueiros e algumas polemicas em relação a relacionamento, mulheres e casamento. Estes assuntos sempre atraem muitas visitas e comentários (até por sua natureza polemica), mas também atraem muitos problemas, ainda mais em um blog com a quantidade de comentários que o Pobretão possuia.

Minha opinião é que o Pobreta poderia ter evitado estes assuntos mais polemicos justamente para evitar comentários maldosos (e alguns até criminosos) em seu blog. Mas eu também me recordo de diversas postagens que o assunto nao tinha absolutamente nada relacionado a estes temas e os comentários iam para o caminho da polemica, mesmo o Pobretão quase não participando das discussões. Não vou aqui defender o Pobreta de forma incondicional (até porque ele é adulto e nao precisa disso); pois tenho algumas restrições ao que era falado - não concordo 100% com o que era dito no blog. Mas também nao vou ficar criticando, pois acho que o blog tinha alguns materiais interessantes e funcionava muito bem como "ponto de encontro" do pessoal, tinha postagens duas vezes por semana religiosamente e tinha a sua identidade com os jovens. 

Não entendi muito bem a polemica que colocou fim ao blog; mas pelo que consegui observar em algum lugar encontraram uma postagem de alguém perguntando sobre ações ELPL e, segundo varias pessoas, a identidade do Pobretão poderia ser descoberta através dessa pista. Então começou uma investigação na internet até que se chegou a um nome de um camarada. Nao entendi bem o que motivou essa busca para descobrir a identidade do Pobretão, mas falaram que potenciais motivos seriam as coisas que ele dizia no blog sobre mulheres, coisas relacionadas a regioes do Brasil e outros temas polemicos.

Como disse antes, eu nao concordava com tudo o que era dito no blog (as vezes eu nao concordo nem com tudo o que é dito aqui no meu blog); mas nao me parece motivo suficiente para desencadear essa busca implacavel pela identidade do Pobreta.

Acho que se alguem se sentiu ofendido em algumas postagens do Pobretão, esse alguem tem todo o direito de denunciar (até para a Policia, se for o caso) e buscar reparação. Mas nao vejo necessidade de tentar identificar a pessoa e divulgar a sua identidade na internet. Percebo que poucos blogueiros divulgam o seu patrimonio, até porque fazer isso em um pais inseguro como o Brasil é sempre um risco. Hoje mesmo o colega Viver de Construção informou que nao vai mais divulgar o seu patrimonio, e outros antes dele ja tomaram essa atitude.

Particularmente, eu gosto muito quando os colegas divulgam patrimonio e composição detalhada da carteira; pois acho um exercicio de aprendizado de estrategias de investimento e finanças comportamentais muito interessante (por isso, eu divulgo meu patrimonio e carteira aqui no blog); mas vejo que muitos estão indo no caminho contrario exatamente pela questão de segurança.

Eu me recordo agora do caso do Mobral - um dos melhores blogs que conheci. O mobral trazia muitas informações sobre small caps e debatia bastante sobre estratégia de investimentos; até que comentou um pouco sobre sua vida pessoal, namorada, relacionamento ... e o pessoal foi atras da identidade dele, o que fatalmente obrigou a deletar o blog e perdemos um excelente material; além de um grande cara sempre com comentários divertidos sobre as mais diversas situações.

Eu acredito que a mesma coisa esta acontecendo agora com o caso do Pobretão - como eu disse antes, voce pode concordar ou discordar do que ele falava no blog; eventualmente até fazer uma denuncia e buscar reparação através da justiça, caso se sentir especialmente atingido ou incomodado por algo que foi dito no blog; mas nao entendo buscar a identidade do rapaz e divulgar na internet e vou explicar o porque não entendo e nao concordo com isso.

Em primeiro lugar, ninguem tem como comprovar que a identidade encontrada é mesmo o Pobretão. Pode ter diversas suposições, coincidencias, coisas que indicam, que levam a crer - mas sempre serão somente suposições. O problema disso é que um camarada que nem sabe o que está acontecendo pode ter seus dados divulgados na internet e relacionado a um excelente patrimonio (quase 500K) e isso pode atrair a atenção de pessoas perigosas.

Eu mesmo tive a oportunidade de fazer diversos trabalhos voluntários e sempre procurei fazer em presidios. Primeiro porque sei que um cara ser condenado na Justiça é uma condenação perpetua - ninguem emprega alguem com condenação judicial e a pessoa vai ter muitas dificuldades para se manter quando sair da prisão. Mas também sempre me interessei pelo comportamento humano e o que leva alguem a praticar crimes (alguns realmente horriveis) e, infelizmente, pude ver que pessoas cometem crimes terriveis por bem menos do que R$500K. Acho extremamente perigoso ter a identidade e endereço revelado quando voce tem o seu patrimonio divulgado - e neste caso nao interessa se o patrimonio é verdadeiro ou falso ou se a pessoa é a verdadeira ou não - pois pode ter certeza que um criminoso nao vai querer saber se o pato é macho: ele vai querer o ovo !!!

Tendo colocado as minhas preocupações sobre o que entendo ser um exagero e colocando as questões de segurança; mas reiterando que se alguem se sentiu ofendido com o blog do Pobreta sempre é possivel fazer a denuncia ao Blogger, Google, e em casos especificos, também para Policia - eu digo que tivemos uma perda consideravel na blogosfera.

Ao amigo Pobretão eu quero deixar um agradecimento, pois foi atraves dele que tomei contato com diversos temas interessantes (financeiros e não financeiros); me motivei a criar o meu blog; tenho oportunidade de conhecer novas pessoas (ainda que virtualmente) todos os dias e bater papo com os colegas que tem interesse em comum e com as pessoas que deixam comentários no blog. Ao Pobreta eu desejo tudo bom e que ele consiga atingir os objetivos traçados, e quem sabe usar este novo momento como uma forma de investir mais ainda no desenvolvimento pessoal e na busca da felicidade.

Um grande abraço a todos !!!

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

ATUALIZAÇÃO PATRIMONIAL - AGO/16

Olá Pessoal - tudo bem ?

Novamente este foi mais um mês bastante corrido, mas com novidades interessantes. Finalmente o processo de impeachment chegou ao fim, apesar da criatividade em manter os direitos politicos da ex-presidente. Bastante otimismo dos mercados em relação ao futuro, porém eu sigo cauteloso, uma vez que o FED deve começar a aumentar as taxas de juros ainda esse ano e isso vai causar uma "fuga" de investimentos de mercados mais arriscados rumo à "segurança" do Tio Sam. Como a nossa Bolsa é altamente dependente de investimento estrangeiro (brasileiro nao tem o hábito de fazer poupança e investir), podemos sofrer quedas no curto prazo; entretanto ainda temos os atraentes juros praticados no Brasil.

Na parte pessoal, retornei da minha viagem aos USA - e foi tudo bem bacana. Deu para aproveitar as férias, conhecer algumas cidades novas, praticar o idioma, aprofundar um pouco mais na história e cultura americana ... estes são os motivos que acredito fazer valer a pena os gastos em viagens. A satisfação pessoal em conhecer lugares e pessoas novas, além da oportunidade de conhecer e viver outra cultura, são os fatores que acredito fazer diferença.

Ainda estou as voltas com o mestrado, pois meu orientador pediu para fazer algumas alterações na metodologia de pesquisa que estou utilizando no meu projeto e isso causou um impacto no meu prazo de entrega do artigo. Vou ter que correr e acelerar um pouco as coisas nas próximas duas semanas. O lado bom da coisa é que tenho somente mais cinco semanas de aula e depois tenho apenas orientação esporádica até o final do ano. 

Quando concluir o mestrado, os aportes irão aumentar consideravelmente (aproximadamente R$2.000); mas também estou pensando em iniciar atividades fisicas em uma academia bem completa aqui perto do trabalho - estou chegando em uma idade que tenho de me cuidar e estou sedentário já faz alguns anos. Por causa do histórico familiar (pessoas com problemas de coração, pressão alta, etc...) tenho de começar um trabalho preventivo o quanto antes para aproveitar melhor a vida e com mais saúde. Uma coisa interessante é que a academia oferece diversas atividades que sempre tive vontade de fazer (Boxe, Jiu Jitsu ... por exemplo) e será uma forma de divertimento, além do benefício físico.

Quanto ao trabalho, as coisas continuam um pouco tensas na parte política. O governo vem atrasando alguns leilões de energia e isto impacta diretamente no planejamento da empresa. É possivel que para o próximo ano, alguns cortes de pessoal venha a acontecer e é importante ter uma reserva financeira interessante, pois ao contrário do que algumas pessoas possam imaginar - quando voce tem um cargo alto e uma boa remuneração, passa a ficar na linha de frente nos períodos de crise e reestruturação da empresa. Sempre aparecem alguns gênios propondo eliminação de departamentos inteiros e corte de pessoal; e nestas horas, os gestores e executivos também são impactados (merecidamente, já que somos nós que tomamos as decisões estratégicas na empresa). Eu venho me preparando para uma eventual saída devido a crise e como aplicaria as verbas indenizatórias para fazer frente as despesas em um período de desemprego.

A boa notícia é que a Sra Executiva Pobre faz frente as despesas da casa com a sua remuneração. Hoje nós fazemos diferente: eu cuido das despesas da casa e ela paga as viagens e lazer, incluindo as viagens internacionais. Em um momento de desemprego, obviamente cortaremos as viagens e a Sra Executiva Pobre passará a fazer frente as despesas para não ser necessário tocar nos investimentos já realizados.

Como tenho um bom plano alternativo, fico mais tranquilo para enfrentar o ambiente político da empresa e sobreviver no dia a dia, sem me preocupar muito em agradar para manter o emprego. Isso traz uma tranquilidade muito boa, que só quem tem sua reserva de emergência e hábito de manter os custos baixos e investir mensalmente, sabe como é. Infelizmente, apenas a minoria da população tem esse hábito.

Pretendo nas próximas postagens falar mais das viagens e lugares que tive oportunidade de conhecer, colocar algumas dicas para viajar gastando pouco (coisas que pratico para minhas viagens), coisas inusitadas e diferentes relativas aos lugares que visitei, comidas e arquitetura, história local e, claro, abordar também um pouco mais da experiencia no mundo corporativo, pois sei que diversos colegas vivenciam este ambiente que muitas vezes é bem agressivo.

Mas vamos então ao fechamento do mês Agosto/16: 

1 - Poupança:


Sigo mantendo os tradicionais R$10K na poupança; e este mes eu aproveitei para direcionar pouco mais de R$4K (fruto da venda das ultimas ações que tinha em carteira), para aplicação no Tesouro Direto.


2 - FII:


Outro mês com boa valorização dos ativos, ainda que pese algumas indefinições ou más noticias (caso do NSLU). Entretanto, sigo confiante no portfolio de FII que tenho em carteira e assim que atingir minha meta de diversificação na Renda Fixa, voltarei a aportar em FII com toda a certeza. Tenho ainda mais alguns ativos que desejo trazer para a carteira (caso de SPHG e JSRE) para ter uma composição mais equilibrada e robusta, quando pensamos em rendimentos para o longo prazo.


3 - Tesouro Direto:


Aporte do mês feito exclusivamente em Tesouro Direto. O papel comprado foi ainda o Tesouro LFT, pois apesar da indicação de queda da SELIC no longo prazo, as taxas de juros ainda são bem atraentes e vale aumentar a participação pensando no longo prazo.


4 - Total:


Finalmente a barreira dos 200K foi quebrada. Isso é motivo de comemoração (Sra Executiva Pobre e eu iremos a um show este mes e também teremos um jantar em um restaurante que queremos conhecer já faz algum tempo), pois poucas pessoas que conheço tem este valor em ativos financeiros. Claro que é só uma pequena etapa e temos de buscar valores cada vez mais expressivos; mas é um passo que mostra que a direção está correta e isso é importante. 

Além disso, tenho a tranquilidade de investimentos em outras modalidades (terreno, moeda estrangeira, participação em pequeno negócio, etc...) que podem ser convertidos em aplicações financeiras tradicionais e aumentar os rendimentos passivos.

Então é isso: mês de comemoração e reflexão para os próximos passos, sabendo das dificuldades do mercado de trabalho no momento atual.

Um grande abraço.  

domingo, 31 de julho de 2016

Atualização Patrimonial - JUL/16

Olá Pessoal - tudo bem ?

Vamos as novidades do mês: finalmente eu consegui entregar a qualificação do meu artigo (introdução, revisão bibliográfica e metodologia) para o meu orientador e estou aguardando a revisão dele para ver se poderemos enviar para a banca e agendar a qualificação do projeto. Tenho prazo máximo até final de Agosto para isso ocorrer, então isso me preocupa um pouco; mas agora a bola está com ele para fecharmos este assunto. Apesar de todas as dificuldades, eu fiquei feliz com o projeto que mandei para ele (claro que sempre poder ter melhorias e correções) mas acho que ficou bem completo e com um bom nível de qualidade e apresentação.

No trabalho, eu finalmente consegui as minhas férias (sai de férias no final de Julho e retorno somente em meados de Agosto); então no momento que voces estão lendo esta postagem eu já estou de férias. Como já falei anteriormente para voces, neste ano eu fui convidado a ser padrinho de um familiar que irá se casar nos USA e por este motivo, estou novamente viajando para lá. Não estou reclamando pois é um lugar muito legal, mas é sempre bacana comenhecer lugares novos; então como eu já conhecia o lugar onde ele vai se casar por motivos de viagem a trabalho nas antigas empresas onde passei (Detroit), tratei de incluir outros lugares para visitar nas redondezas - inicialmente Chicago e Boston; mas pode ser que a visita fique somente em Chicago. Vamos ver como os planos se desenrolam quando eu chegar por lá.

Aproveitando que a viagem é paga pela Sra Executiva Pobre, usei o dinheiro do adicional das férias para terminar de quitar o terreno e acredito que em Agosto os aportes voltam normalmente; sendo que o aluguel do terreno será totalmente direcionado a compra de moeda estrangeira que faz parte do plano de morar fora do Brasil dentro dos próximos anos.

O clima na empresa está menos otimista do que há alguns meses pois os leilões de energia estão atrasados e a empresa depende muito da realização destes leilões para movimentar a cadeia produtiva, ou seja, se o governo não investe em infra estrutura, a coisa fica bem complicada. Sigo monitorando o mercado, mas como tenho a reserva de emergência, o máximo que pode acontecer é receber o FGTS antes do previsto e ai colocamos o carro para rodar de UBER até conseguir se recolocar no mercado. A unica coisa interessante é que a equipe economica do Temer é de primeira linha; pena que a questão não é só economica - tem a parte politica para desenrolar !!!

E, estamos tentando contratar estagiarios para a area de Compras aqui da empresa e me pediram para ajudar no processo de seleção. Fica a dica aos colegas jovens que podem ter conhecidos, filhos, afilhados, parentes e afins cursando faculdade e procurando estágio .... pelo amor de Deus, sigam as dicas abaixo:

  1. Cuidado com erros de ortografia no curriculo, 
  2. Evita usar o gerundio (a não ser que a vaga seja para telemarketing)
  3. No Objetivo Profissional nao escreva coisas como "crescer junto com a empresa"
  4. Não escrevam seje, esteje, etc... ISSO NÃO EXISTE
  5. Não escrevam a nível de, 
  6. Não coloquem numero de documentos (RG, CPG, Titulo Eleitoral) - ninguem quer saber o numero do seu documento;
  7. Não coloque foto no curriculo (muito menos com boné, com cabelo esquisito, etc...)
  8. Não venha na entrevista com roupas estilo "mano da quebrada" ou com "cabelo de jogador de futebol" - eles ja tem dinheiro e nao precisam de emprego, voce precisa.
  9. Nao venha na entrevista de boné, nem de brinco (só se for mulher), nem de piercing ... eu sei que parece preconceito, mas as pessoas são sim preconceituosas, inclusive as pessoas que podem te contratar,
  10. Use uma calça jeans comum, camisa polo (sem estampas) e o tal do sapatenis se a empresa for moderninha (agencia de publicidade, marketing, tecnologia de informação, startups, etc...)
  11. Use uma calça social preta, camisa social branca / azul escuro / cinza escuro com corte slim e sapato social se a empresa for tradicional (automobilistica, engenharia em geral, sistema financeiro, etc...). Na duvida, vai na segunda opção.
  12. Nao chegue atrasado na entrevista (chegue sempre 20 minutos antes e fica fazendo hora na rua para não chegar suado e quando faltar uns 10 minutos, voce chega na recepção);
  13. Desliga a porra do celular, não deixa no "vibra" .... DESLIGA !!!
  14. Quando te perguntarem se está participando de mais processos de seleção, sempre responda que está avaliando opções que o mercado oferece mas que gostaria muito de trabalhar na empresa onde esta fazendo entrevista porque ela é ... (lider do mercado, reconhecida na area, reconhecida pela excelencia do produto, inventa qualquer coisa positiva sobre a empresa).
  15. Saiba que "aumentar qualificações" no curriculo tem limite. Nao vai colocar que fala ingles se voce nao consegue conversar em ingles ... nao pensa que saber os termos dos joguinhos da internet e conseguir conversar nos foruns de games será suficiente na hora da entrevista. Agora se voce fala a porra do idioma, coloca ingles avançado (pelo amor de Deus, se voce nao fez intercambio, nao morou fora do pais um tempão e nao domina somente o idioma mas também a cultura inglesa / americana - nao coloca ingles fluente). É melhor voce colocar ingles avançado e o entrevistar se surpreender positivamente do que o contrário.
  16. Espanhol e Portunhol não são a mesma coisa .... não pense que la garantia soy jo vai colar em uma empresa espanhola de verdade. Dependendo da região da Espanha (Catalunha, Pais Basco, etc...) além do idioma, o conhecimento da cultura é mais do que importante. Claro que nao para o nivel de estagiário, mas para outros cargos é importante sim. Se voce nao fala Espanhol nao coloque no CV e pronto.
  17. Coloca as experiencias extra-curriculares: se voce toca instrumentos, se voce vai acampar, se faz trabalhos voluntários, se participa de movimento escoteiro, se pratica esporte profissionalmente (filiado a federações) isso ajuda muito no CV de um estagiário pois demonstra competencia em trabalho em time, habilidade em lidar com o publico, situações sob pressão, etc...
  18. Na sala de espera nao fica na porra do zap-zap e nem olhe para o celular (lembra de desligar o celular e colocar no seu bolso). Pegue uma revista qualquer na recepção e fique folheando ou então repassando mentalmente algumas frases importantes para falar na entrevista sobre aquelas perguntas manjadas que vao te fazer, como por exemplo: qual foi seu maior desafio ? qual seu maior defeito ? Como voce trabalha sob pressão ?
  19. Quando te perguntarem o seu maior defeito, nao seja um playboyzinho mimado que fala que o maior defeito é ser perfeccionista demais. Fale um defeito que realmente voce tem e como está trabalhando isso, por exemplo: meu maior defeito é ser ansioso e sei que isso pode me levar a tomar decisões precipitadas, por isso estou me empenhando em aprender cada vez mais e reunir o maior numero de informações para poder tomar decisões com um nivel de consciencia cada vez maior e controlar a minha ansiedade.


Espero poder voltar a falar mais do mundo corporativo nas procimas postagens (também quero voltar a falar um pouco dos lugares que tive a oportunidade de conhecer nas viagens de trabalho), mas enquanto isso vamos ao fechamento do mês:

1 - Poupança:


Como voces podem ver este mes o valor em Poupança aumentou, mas trata-se apenas da venda das ultimas ações que eu tinha em carteira. aproveitei esta subida da Bolsa e queimei as ultimas ações que faltavam e, como estou saindo de férias e sem tempo para analisar as opções (mas acredito que será alocado no Tesouro Direto) para continuar balanceando a carteira), o dinheiro vai ficar um mês na Poupança.


2 - Ações:


Como mencionado anteriormente, "zerei" as minhas posições em ações. Apesar de ter ainda uma exposição considerável em renda variável com os FII´s que considero mais adequado ao meu perfil. De qualquer forma, foi um periodo bem interessante de aprendizado e com ganhos interessantes, principalmente com ABEV3 e UGPA3, que me ajudou bastante a aumentar os ganhos da minha carteira. No próximo mês já nao teremos mais a parte de ações no fechamento mensal.


3 - FII´s:


Neste mês, os FII´s acompanharam a subida da BOVESPA e também se valorizaram bastante, além do reinvestimento dos alugueis recebidos (em torno de R$900,00). Ainda tenho como meta os aportes no Tesouro ate balancear a carteira, então as proximas compras de FII devem ocorrer somente no inicio do proximo ano, mas até lá estou monitorando os proximos FII´s a estrearem na carteira que hoje conta com 10 FII´s: AGCX/ BBPO/ RNGO/ KNRI/ NSLU/ FIIP/ FCFL/ HGRE/ HGLG/ PQDP.


4 - Tesouro Direto:


O Tesouro Direto também colaborou neste mês e tivemos uma boa valorização, no ano também estou satisfeito até o momento. Os titulos que carrego na carteira são LFT acompanhando a Selic e NTNB Principal com vencimento em 2024.


5 - Total:


Quebramos a barreira dos 190K e rendimento histórico proximo de 40% em 37 meses de acompanhamento da carteira - interessante hein ???? Mas a meta deste ano é chegar aos 200K, nao vamos descansar enquanto nao batermos esta meta. Com a volta dos aportes a partir do próximo mes ficaremos mais próximos e acredito que poderemos atingir a meta antes de dezembro se a economia nao tiver um retrocesso muito grande. Vamos todos rumo a Independencia Financeira.

Ps: Como estarei em viagem, nao tenho certeza se conseguirei responder aos comentários imediatamente; mas responderei a todos quando voltar como já é prática aqui no blog. Todos os comentários são respondidos.

Um grande abraço a todos.