segunda-feira, 2 de julho de 2018

Atualização Patrimonial JUN/18 - R$441.747,13 (+0,49%)

Olá pessoal - tudo bem ? Lá vamos nós para mais um fechamento mensal. Esse mes eu transferi R$200K da minha conta no Brasil para os USA utilizando minha corretora de cambio. Eles cobram uma taxa de USD 30,00 por remessa + 1,1% de IOF. No final, após negociar um pouco o cambio, acabei com uma cotação bem parecida com a do transferwise; porém otransferwise tem limite de BRL9.000 / mês quando voce transfere dinheiro para os USA.

De qualquer forma, agora tenho uma disponibilidade de recursos um pouco maior nos USA e vou trabalhar para aplicar esse dinheiro por aqui. Ainda deixei mais de BRL 180K no Brasil e ainda tenho mais depósitos a receber na minha conta por lá - dinheiro da venda do carro, seguro desemprego, restituição de IR, aluguel do meu apartamento, potencial venda do apartamento, etc...

Também ainda tenho despesas a pagar através dessa conta no Brasil. Vou fazer agora a transcrição do meu casamento em Portugal, aplicar a cidadania do Estagiário Pobre, da Sra Executiva Pobre e da minha mãe - a CEO Pobre. Também vou deixar um dinheiro separado para pagar as passagens para minha mãe e meu pai virem me visitar - será a primeira viagem internacional deles e eu ficarei muito feliz de proporcionar isso.

Recebi a noticia de que meus moveis vao chegar somente em Agosto, o que me levou a comprar uma cama e colchão, pois vou me mudar do hotel para casa ainda em Julho. Também vou comprar uma TV para a sala. Em relação aos demais procedimentos burocráticos, eu ainda preciso tirar a minha habilitação e comprar ou fazer o leasing de um veiculo. Sao as ultimas coisas "grandes" a resolver.

Então, tenho de ir com cuidado para nao gastar demasiado nessas compras. A minha intenção é ter o patrimonio aumentando todo mes - já que por enquanto nao estou exposto ao mercado de capitais aqui nos USA. Preciso estudar um pouco mais, abrir conta em uma corretora e começar as minhas aplicações - infelizmente, eu ainda nao inicei essa etapa pois está realmente faltando um pouco de tempo por aqui. Estou envolvido em mais projetos do que deveria e o fato de ter um chefe nos USA e um chefe na Europa (nem sempre com as mesmas prioridades) não me ajuda nem um pouco. Tenho de ficar equilibrando a balança para nao deixar nenhum deles sem informações e resultados, mas as vezes é bem dificil de conciliar e tenho de eleger prioridades. No meu caso, é essencial estar alinhado e mostrar um bom trabalho para meu chefe na Europa e é esse o caminho que vou seguir. 

Também falando um pouco do trabalho local, percebo que tem uma pessoa de outra area que está tentando empurrar diversas responsabilidades dela para o meu time. Como eu ja "fechei a porta" para essas iniciativas desde o principio, ela vem tentando empurrar essas tarefas e responsabilidades através do meu chefe local. Ela ja percebeu que ele tem certa dificuldade de dizer não e "bater de frente", então estão surgindo novas demandas que nem deveriam estar na minha area. Por isso a necessidade de estar alinhado com o chefe na Europa e medir com atenção quando devo falar nao e quando devo aceitar esses projetos extras.

Mas voltando ao fechamento do mês - segue o resumo abaixo. A meta do ano de R$400K foi atingida no mês passado graças ao aporte extra das verbas rescisórias que recebi na minha demissão. Dessa forma, já tracei uma nova meta que é me aproximar ao máximo dos R$500K.



Ainda estou refinando o orçamento mensal para entender os meus gastos mensais aqui nos USA. Por enquanto, como estou morando em hotel com despesas pagas pela empresa, o meu orçamento fica artificialmente baixo. Estou aguardando a mudança e entendendo um pouco melhor os custos fixos e custos de lazer por aqui - apesar de que até o momento nao teve nenhuma despesa que veio acima do meu orçamento inicial. Também terei de mensurar melhor as receitas - já que após 90 dias - inicia a minha participação no plano de previdencia privada e a empresa também faz aportes nesse plano.

O foco profissional no curto prazo é consolidar a equipe nos USA, estar muito alinhado com as prioridades do meu chefe na Europa, atingir as metas desse ano para receber o bonus e iniciar a aplicação do Green Card após um ano aqui nos USA, ou seja, em Junho de 2019.

Um grande abraço,