segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Meu Plano Financeiro para Chegada nos USA

Ola pessoal - tudo bem ? Eu decidi fazer essa postagem para verificar como vai ser minha chegada nos Estados Unidos, assim que todos os tramites do visto estiverem resolvidos. Apesar das diversas preocupações com mudança, documentação, visto e outras coisas mais; um ponto importantíssimo para a chegada nos USA é verificar como isso afetará meu patrimônio. 

Com certeza alguns gastos serão necessários e eu já estou comprando dólar em especie para fazer frente a essas despesas iniciais. Entretanto, eu terei alguns benefícios e renda extra no inicio, conforme já negociado em contrato. Então, eu decidi colocar os números e verificar o que posso esperar desse ano de mudança para os Estados Unidos. 

O primeiro passo foi descobrir quanto dinheiro eu deixarei aqui no Brasil e para isso, eu considerei minha data de mudança em Março/2018. Portanto, eu ainda terei o salário de Fevereiro aqui no Brasil, bem como minhas despesas usuais.


FEVEREIRO = No mês de Fevereiro, o planejamento é fazer um aporte adicional de R$8K e também ja acertei a venda do meu carro popular particular. Esse dinheiro será acumulado na conta e com isso atingirei o valor de R$328.920



MARÇO = Já em Março eu devo assinar a rescisão do meu contrato aqui na empresa. Espero poder negociar e ser mandado embora para poder acessar o FGTS ou negociar a demissão em comum acordo conforme a nova legislação trabalhista permite. Mas, para fins de planejamento, eu estou considerando que terei de pedir demissão e que não vou receber nada além de ferias e 13° Salário proporcional. Considerei, aproximadamente 70% do valor, pois nao estou muito certo dos impostos que irão incidir sobre esses valores. Além disso, no mes de Março eu termino a compra de dolares em especie e vou levar o limite permitido pelo governo americano, ou seja, USD10K.



ABRIL = Eu considero o mes de Abril como o mes efetivo da mudança. Por isso, eu ja considero um rendimento de 0,5% sobre o saldo financeiro que deixarei aqui no Brasil e também um valor de aluguel de R$1.800,00 (nesse valor já está descontado o imposto de renda para não residente - aliquota de 15%).

Nesse mes eu também recebo meu primeiro salário e os beneficios acordados nos USA. Portanto, levarei os USD10.000 em especie e receberei USD9.200 como bonus de assinatura (estou considerando somente dois salários tributados com aliquota de 30%).

Considerei todas as despesas já mencionadas na postagem com meu orçamento mensal nos Estados Unidos, o que me permite o aporte de USD1.836; porém eu terei algumas economias já que ficarei morando em hotel nos primeiros meses e também terei carro alugado. As economias estão listadas nas tabelas abaixo (mes de Abril e Maio) e também ja inicio o aporte na conta 401K (especie de previdencia americana). O aporte é de USD 307, porém a empresa deposita outros USD307 totalizando então os USD614 listados no planejamento.



MAIO = no mes de Maio, eu considero exatamente as mesmas despesas e receitas já explicadas no mes de Abril.


JUNHO = Esse é o mes que efetivamente eu irei morar em uma residencia nos Estados Unidos e começarei a arcar com todas as despesas. Como podem ver na planilha abaixo, eu considerei um mes de caução para todas as contas, mesmo sabendo que serei reembolsado dessas despesas após algum tempo necessário para criar um histórico de credito.

Também nesse mes eu considero a compra do meu carro e de uma bicicleta. Eu pretendo ir trabalhar diariamente de bicicleta, de forma a incluir mais atividade na minha rotina e buscar um estilo de vida mais saudavel. As despesas estão relacionadas e o seguro do carro já faz parte do meu orçamento mensal.



JULHO = A partir do mes de Julho, as contas entram em modo mais automatico e por isso irei repetir as planilhas mes a mes, na sequencia para avaliarem a evolução do saldo em dolares e em reais.








DEZEMBRO = No mês de Dezembro, eu considero o pagto de bonus (estou considerando apenas 50% do valor, tributado a aliquota de 30%); mesmo assim eu vejo que é possivel atingir minha meta de 400K que está sim bem conservadora, pois espero deixar verba suficiente para fazer road-trips pelos Estados Unidos e conhecer bem um pais que é maior do que o Brasil não é uma coisa tão simples.



Como voces podem ver, é possivel superar a meta com uma certa folga, mas vale lembrar que existe o risco cambial envolvido. A flutuação cambial pode fazer o patrimonio em Reais sofrer quedas ou altas expressivas dependendo do comportamento do mercado de cambio. 

E outro ponto importante é perceber que do saldo de USD35.940 que está planejado para Dezembro/18, cerca de USD5.526 estarão imobilizados na minha conta 401K que tem certas regras para retirada. Então, o meu saldo liquido em dolares será de USD 30.414; o que ainda está acima da meta de aporte de USD30K / ano.

Além do plano apresentado, eu possuo ainda uma contingencia adicional: 

 - Negociar a Rescisão Contratual = em contas aproximadas, eu teria R$70.000,00 de verbas indenizatórias se conseguir negociar a minha demissão. Mas, como voces viram no meu planejamento, eu nao estou contando com essa possibilidade. Nao acho que teria uma boa posição para negociar a saida dessa forma (apesar de que seria muito bom para mim, caso eles me demitissem para encerrar o vinculo empregatício aqui no Brasil). Talvez eu aborde com a possibilidade da demissão negociada que agora está regularizada na reforma trabalhista, mas tampouco estou contando com essa alternativa.

 - Restituição IR Brasil = Nesse ano eu faço a declaração referente a 2017 e terei algum valor a ser restituído, já que tenho um dependente adicional (o Estagiário Pobre) e as despesas medicas do parto (R$8.000,00 sendo R$4.000,00 já reembolsados pelo plano de saude) + despesas de dentista (R$1.500,00) que tive com um dos meus dependentes.

Nao estou considerando esses valores de contingencia porque ainda terei despesas com o processo de cidadania (transcrição do casamento dos meus pais + cidadania EP e irmãos) e pretendo fazer frente a essas despesas utilizando esses valores a receber do Leão.

Além disso, tenho o plano de vender meu apartamento (em vez de alugar) e isso representaria aproximadamente mais R$400K de aporte, aumentando bastante o patrimonio e me deixando próximo do milhão.

Nas próximas postagens, enquanto eu espero novidades sobre o processamento do visto, eu irei compartilhar com voces o planejamento para os próximos 05 anos que estarei fora. Na verdade esse periodo pode ser maior se conseguir o Green Card, mas mesmo que nao consiga a residencia permanente nos Estados Unidos, eu nao pretendo voltar ao Brasil tão cedo. Na verdade, eu pretendo utilizar a cidadania europeia e caso tenha de sair dos Estados Unidos após os 05 anos, eu irei me aventurar no Velho Mundo.

Então é isso pessoal - até a proxima postagem.

Um grande abraço,

44 comentários:

  1. Recomendo abrir conta na corretora Fidelity nos EUA. A melhor com ótimos preços e os melhores ishares ETFs vc nao paga nada pra comprar ou vender!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola anon - muito obrigado pela dica. Com certeza eu vou estudar essa possibilidade. Os blogs de finanças americanos recomendam muito a Vanguard também - está na minha lista de estudos.

      Um grande abraço,

      Excluir
    2. Vanguard é muito boa para americanos. Quando vc for pra Portugal e virar NRA, eles vão te fazer fechar a conta e seus long-term capital gains serão taxados. Fidelity não, eles recebem o W8-BEN e segue normal

      Excluir
  2. Olá EP,

    Se o mercado azedar este ano, o dólar pode voltar a subir no Brasil.

    E ainda tem a eleição para jogar mais gasolina nessa fogueira.

    Abçs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Investidor - tudo bem ? Se o mercado entrar em crise no Brasil (a eleição é um ponto de volatilidade, com certeza) e o dolar disparar, talvez eu consiga atingir o milhão de reais um pouco mais cedo do que o imaginado.

      Se acontecer o contrário (acho dificil) de o dolar cair muito de preço, eu utilizo o capital no Brazil (cerca de 300K) para acumular mais dolares. mas o objetivo principal é acumular dolares devido ao trabalho nos Estados Unidos. Após o periodo por lá, ai eu verifico como transferir dinheiro e aproveitar o maximo do cambio, lembrando que pretendo utilizar meus rendimentos na Europa (independencia financeira).

      Um grande abraço,

      Excluir
  3. Amigo, parabens por sua mudança.
    So gostaria de retificar suas contas para nao haver "sustos" nas inconsistencias entre os saldos.
    Ao meu ver, tudo que vc colocou como "economia" pelo fato de nao ter que pagar naqueles meses, nao deveria ser colocado no balanço. Veja bem... se esse custo nao saiu do seu patrimonio em BRL nem em USD, ele nao deve ser colocado na planilha de receitas. Seria uma economia se vc recebesse essa receita da sua empresa e nao gastasse ficando na casa de uma amigo por exemplo. Cuidado com a inclusao de dados em planilhas erradas. Isso pode te confundir e adiar seus objetivos.
    Fica a dica. E torcendo pelo seu sucesso. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola anon - tudo bem ? Obrigado pela sua visita e pelo comentário.

      Eu acredito que nao ficou claro no texto, porém o que eu coloco como economia é sim dinheiro que sai do meu patrimonio em dolares. Para entender melhor seria interessante ler a postagem sobre meu orçamento mensal nos Estados Unidos:

      http://executivopobre.blogspot.com.br/2018/01/receitas-e-despesas-2018-morando-nos.html?_sm_au_=iVV4jVvZH5VjZZw7

      Mas para explicar melhor, eu receberei um valor de salário nos USA e desse valor de salário eu considero a retirada para pagamento de todas as despesas (aluguel, alimentação, transporte, etc...). Após pagar minhas despesas, ainda sobra USD1.836 dolares para aporte.

      Mas, nos primeiros tres meses (eu estou considerando apenas 2 meses no estudo), eu nao precisarei gastar os USD1.700 de aluguel porque a empresa vai pagar hospedagem em hotel. Logo, em vez de sobrar apenas USD1.836 do meu salário, na verdade vai sobrar USD1.836 + USD1.700 = USD3.536

      O mesmo acontece com as demais despesas que eu estava considerando pagar do meu salário, mas como estarei no hotel nao precisarei desembolsar esse dinheiro inicialmente, tais como: utilities (luz, agua, gas), tv a cabo + internet; e também o seguro do carro porque estarei utilizando carro alugado pela empresa.

      Então, como voce pode ver eu recebo a receita da empresa (atraves do salário) e nao terei a despesa porque apensar de nao estar na casas de um amigo, eu estarei no hotel que será pago pela empresa também.

      Um grande abraço,

      Excluir
  4. Fala Executivo!

    Cara, que organização é essa?? Incrível! Parabéns mesmo!

    To acompanhando todos os posts desde que iniciou a jornada rumo ao EUA.

    Tô parecendo adolescente aguardando os episódios das séries no Netflix kkkk

    PS: Te adicionei no Grupo Brazillionaires lá no meu site

    https://termosreais.wordpress.com/parceiros

    Um forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola TR - tudo bem ? Eu estou procurando detalhar bastante esse processo de transferencia, porque sei que muitos colegas tem curiosidade e também planejam mudança de pais. Muito obrigado por ter incluido o blog no seu site; também já te adicionei por aqui.

      Um grande abraço,

      Excluir
  5. Primeiro o Rover foi embora e abandonou o blog dele agora vc. Nao abandone aqui amigo. Sucesso.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola anon - tudo bem ? Nao pretendo abandonar o blog nao ... ele ja existe desde 2014 e pretendo continuar postando até porque eu acredito que esse tema de viver e trabalhar em outro pais ainda tem espaço para contribuição e eu quero dividir minha experiencia com os colegas.

      Um grande abraço,

      Excluir
  6. Se a bolsa americana disparar e vc chegar aos R$ 2M, já dá para pensar em se aposentar?


    Ou você pretende trabalhar até depois dos US$3 M?



    Como não tenho filhos, nem pretendo ter, com R$ 1M eu me aposento.rssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola anon - tudo bem ? Se a bolsa americana disparar (atualmente é mais provavel ocorrer o contrario quando o governo americano aumentar a taxa de juros e reduzir a liquidez por lá) e eu atingir USD2M; com certeza eu já teria parado de trabalhar.

      Caso o valor seja BRL2M eu também ja teria parado de trabalhar formalmente e estaria curtindo a minha IF.

      Com certeza nao penso em trabalhar após USD3M - acredito que preciso de bem menos para começar a curtir mais tempo livre.

      Legal a sua opção de nao ter filhos, com certeza voce consegue se aposentar antes quando falamos de viver no Brasil. Mas isso nao se aplica totalmente a condição em outros paises - infelizmente, no Brasil voce tem que se preocupar com escola particular para criança e esse é o maior gasto na criaçaõ de um filho. Lá fora, voce tem acesso a escolas publicas de qualidade e o seu imposto ja pagou por elas - por isso, voce ve casais americanos com mais filhos - por lá, eles nao pesam tanto no orçamento (vão começar a pesar na faculdade).

      Um grande abraço,

      Excluir
    2. disparar para baixo vc quer dizer....preparando meus starts de compra no S&P a 2300, 2000, 1800 e se vier a 1000 ai entro com 100%

      Excluir
  7. Ola amigo. Não tenho certeza mas me parece que com a nova legislação, existe uma nova modalidade chamada de "acordo consensual", que você faz um acordo com o empregador e a multa cai para 20% (antes era 40%) e você consegue acessar 80% do seu saldo. Outro ponto é que nesse caso, você não tem acesso ao seguro desemprego. Os outros 20% do seu saldo continuam na sua conta do FGTS mas você não consegue acessar nesse momento.

    Procura saber direitinho....pode ser um caminho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Marlan - voce está corretissimo na sua colocação.

      Eu também mencionei isso brevemente na postagem: "Talvez eu aborde com a possibilidade da demissão negociada que agora está regularizada na reforma trabalhista, mas tampouco estou contando com essa alternativa."

      Eu nao estuo contando com essa alternativa no meu planejamento, mas vou tentar primeiro ser demitido e caso nao consiga vou atras da demissão negociada ou acordo consensual, como preferir. Ainda assim, no meu caso, é claro que existe meu interesse em me desligar para aproveitar a oportunidade de transferencia e a empresa pode se aproveitar dessa situaçaõ para que eu tenha de pedir demissão para nao prolongar o processo demasiadamente.

      As vezes, em uma negociação estamos em posição de vantagem e outras vezes estamos em posição de desvantagem. Nesse caso, infelizmente, devido ao prazo para as coisas acontecerem e ao momento da empresa localmente, eu estou em posição de desvantagem nessa negociação. Por isso considero o pior cenario e o que eu conseguir adicionalmente será um valor extra nos meus planos.

      Um grande abraço,

      Excluir
  8. Gostaria de receber uma força para divulgar o meu novo blog sobre Independência Financeira. Nele vou compartilhar meu último ano antes de começar a viver a sonhada IF. Lá compartilho um olhar menos técnico e uma visão mais pessoal da transição que estou fazendo para deixar meu emprego. Se eu puder divulgar aqui no seu blog ficaria feliz em retribuir a gentileza colocando um link na minha página também.

    IF365 | INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA E APOSENTADORIA ANTECIPADA

    https://srif365.wixsite.com/if365

    Obrigado!

    Sr. IF365

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Sr IF365 - tudo bem ? Parabens por estar tão perto da sonhada IF. Esta quase alcançando o objetivo maior de todos por aqui, mesmo que enfrentando alguns percalços no caminho. Ja adicionei o seu blog por aqui e espero que continue postando nao somente os ultimos 365 dias antes da IF, mas principalmente como são as coisas depois da IF.

      Um grande abraço,

      Excluir
  9. Em geral vemos filmes em que os americanos têm 3 filhos pelo menos. Sabe se há algum incentivo fiscal para casais que têm mais filhos nos EUA? Acho que já li algo sobre isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola anon - tudo bem ? Eu nunca ouvi falar sobre isso, mas deve existir algum tipo de dedução no imposto de renda ou algo assim.

      Ainda nao pesquisei sobre esse tema, mas quando tiver minha reunião com a consultoria fiscal sobre o Imposto de Renda nos USA, eu irei perguntar sobre isso.

      Um grande abraço,

      Excluir
    2. sim, vc tem dedução de até $1000 por child
      https://turbotax.intuit.com/tax-tips/family/child-tax-credit/L9ZIjdlZz

      Excluir
    3. Agora sim - ja vale mais a pena ter filho por lá do que aqui ... rsrsrs

      Um grande abraço,

      Excluir
  10. Olá amigo, boa tarde!
    Acompanho o seu blog a um bom tempo e agradeço pelo conteúdo de qualidade que você sempre publica.
    Sou um empregado de uma empresa privada e minha renda liquida mensal é de R$ 5.000,00 e geralmente consigo aportar por volta de R$ 2.000,00
    Possuo atualmente investido em torno de R$ 600 mil, sendo R$ 250 mil no tesouro direto e R$ 350mil em um CDB que me remunera com 99% do CDI em um grande banco.
    Com essa redução na taxa SELIC os ganhos estão cada vez mais reduzidos e estou analisando fazer movimentação deste capital, sei que você não é consultor financeiro e até mesmo por que eu monto a minha linha de raciocínio onde investir, não levando em consideração a consultoria dos gerentes/analistas dos bancos e corretoras, pois eles querem vender produtos que seja rentável para sua instituição.
    Tem algumas variáveis que observo:
    • AÇÕES: Fazer compra de ações o mercado está eufórico, aqui na minha empresa as pessoas só falam nisso e tem muita gente comprando, teve uma que vendeu o carro e comprou tudo em ações, acho que é o efeito manada, logo deve ter uma paulada forte, e além do mais os preços estão muitos altos.

    • CRIPTOMOEDA: Não sou corajoso para entrar nesse ramo

    • RENDA FIXA: Tem a segurança porém cada vez menor a taxa de juros
    Em um ano eleitoral tudo pode acontecer dependendo de quem ganhar as eleições.
    Na sua opinião você acha interessante eu manter as minhas posição atuais, até por que mesmo tem a tabela de imposto de renda progressiva e já estou na menor alíquota (e de certa forma estou capitalizado se precisar vender a qualquer momento não pagarei mais imposto de renda do 15%), porém se eu fazer um novo investimento em CDB ai fico no topo da tabela .
    Seria melhor diversificar em FII, também comprar um pouco de ações?
    Muito grato pela sua opinião

    Grande Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola anon - tudo bem ? Como voce bem mesmo mencionou, eu nao sou um analista certificado e nao posso dar recomendação de investimento - então apenas para deixar claro eu vou te dizer o que faço com o meu portfolio e isso nao é recomendação para que faça o mesmo com o seu.

      Apesar de portfolios distintos, eu vejo algumas similaridades. Tanto voce como eu estamos com uma maior alocação em renda fixa. Eu considero a Renda Fixa do Brasil como uma boa oportunidade - apesar da situação fiscal complicada, o Brasil ainda tem reservas financeiras, tem um pais com potencial de crescimento e paga juros atrativos.

      Eu nao alterei minha alocação em renda fixa e nao pretendo fazer isso porque ao contrario do que algumas pessoas pensam - os rendimentos nao estão menores. Nessa conta o que interessa sao os juros reais (descontado a inflação e impostos). No Brasil ainda existem titulos com juros reais em torno de 4,5% a.a. - e segundo um artigo que li recentemente na Forbes (nao achei o link para postar aqui), o Brasil só perde em termos de juros reais para Turquia e Russia (no mundo com sistema financeiro desenvolvido ... rsrsrs).

      Na minha mudança para o exterior, o capiptal que tenho investido no Brasil vai permanecer por aqui (a principio) ate que eu tenho uma visao mais clara de como as coisas funcionam na Terra do Tio Sam. Dessa forma, eu estarei investido 100% em Renda Fixa (talvez dividido em Tesouro Direto, CDB e Poupança).

      Eu sou contra o giro de patrimonio e caso queira diversificar, eu sou favoravel a diversificar atraves de novos aportes.

      Um grande abraço,

      Excluir
  11. Caramba EP, que massa!
    Fico feliz por vc ir morar num país decente!
    Mantenha-se firme no emprego e dê o seu melhor, você vai se dar bem!

    Eu tenho conta na Interactive Brokers e gosto muito.

    Espero um dia poder emigrar e ser feliz fora do Brasil, quem sabe Portugal ou Australia.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Frugal - tudo bem ? A imigração é sempre um processo dificil pois temos de reaprender a vida do zero e tirar todos os documentos, aprender a falar e se comportar como um nativo, habitos alimentares e culturais, atividades esportivas, momentos de lazer e mesmo o seu programa preferido na TV vai mudar. Mas, ainda assim, é essa mudança cultural e de vida que me atrai.

      Eu nao vou apenas por ser um local mais seguro para criar meu filho (apesar desse ser um beneficio enorme) mas também para explorar a experiencia de se viver em outra cultura.

      Eu vou verificar a Interactive Brokers para entender como funciona.

      Espero que seu plano de ir para Portugal funcione o quanto antes. É um local para onde pretendo ir assim que acabar meu periodo nos Estados Unidos.

      Um grande abraço,

      Excluir
  12. Fala EP já falou para a parentada (Pais e Irmãos) irem tirando o visto para lhe visitar? rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola SP - sim, meus pais e irmãos ja sabem da transferencia. Para os demais parentes ainda nao mencionei o assunto. Provavelmente ficarão sabendo no dia da mudança ... rsrsrs

      Com certeza, eu vou receber muitas visitas. O poder de fazer uma viagem economizando em hotel e alimentação (ficando na minha casa) tenho certeza que me fará muito popular e irei receber visitas de amigos e parentes que nao me visitam aqui no Brasil ... rsrsrs

      Mas nao tenho muitos problemas com isso. É sempre uma oportunidade de conhecer melhor o ser humano.

      Um grande abraço,

      Excluir
  13. Vale a pena fazer um estágio no Ensino Médio em um órgão público? Seria minha primeira experiência profissional e minha primeira renda (estou precisando muito).

    Sendo que se eu passar no processo seletivo de um banco público eu poderei ser efetivado após algum tempo caso cumpra metas de produtividade. Sinto que fui bem em algumas etapas do processo e tenho chances reais de ser aprovado.

    O que me preocupa é o fato de que se passar ter que ir estudar à noite. Será se isso não atrapalharia meus planos de estudar para o ENEM? Pois ficaria muito corrido, ENEM, estágio. Pois meu sonho seria ingressar em uma universidade federal.

    Mas eu preciso muito de dinheiro, renda própria, mesmo que pouco, essa oportunidade me fez ficar com autoestima (coisa que eu não tinha). Também tem a experiência de ser ter estagiado em uma instituição pública. Pelo menos na minha cidade isso faz uma diferença enorme no currículo.

    E aí, você acha que vale a pena?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola anon - tudo bem ? Se voce precisa de renda, nao tem muita opção. Vai estagiar e ganhar sua experiencia e um pouquinho de dinheiro. quanto a ficar mais corrido, com certeza isso vai acontecer; mas também vai te preparar melhor para sua vida.

      Eu trabalhei em dois empregos e estudei ao mesmo tempo e isso me fortaleceu bastante. Com certeza voce vai dar mais valor e aproveitar bastante as oportunidades futuras.

      Um grande abraço,

      Excluir
  14. Fala galera, segue o link do ranking da finansfera, que estava nas mãos do mestre dos centavos e foi passado pra mim.

    https://jovemdesucessopromissor.blogspot.com.br/2018/02/ranking-de-patrimonio-da-blogosfera.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Jovem - tudo bem ? O ranking ficou excelente - parabens pelo seu trabalho.

      Um grande abraço,

      Excluir
  15. Parabéns por sua evolução profissional, fiz uma maratona lendo teu blog desde o início, fico com uma boa inveja. Parabéns novamente.

    Gostaria de entrar em contato contigo via e-mail.

    Rfiinvestimentos@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola anon - tudo bem ?

      Desculpe a demora em responder - com os feriados eu acabei ficando um pouco mais distante do blog. Irei te encaminhar um email.

      Um grande abraço,

      Excluir
  16. Pergunta, vai mandar toda grana atual pros EUA para não precisar fazer os malditos FBAR/8938/Schedule B? OU vale a pena aprender como fazer isso e deixar a grana no BR?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola anon - tudo bem ? No primeiro ano, eu terei o suporte de uma consultoria financeira paga pela empresa - por esse motivo, a principio, eu vou deixar o dinheiro aqui no Brasil e irei aportar por lá somente o dinheiro ganho na Terra do Tio Sam.

      Caso a questão de impstos se mostre muito mais complicada do que eu queira lidar, eu transfiro todo o dinheiro para lá.

      Mas como a ideia é aportar em renda fixa com prazo de vencimento longo (TD para 2035, LCI ou LCA com prazo de resgate superior a 5 anos, etc...), eu acredito que isso tornará os formulários mais simples de preencher já que somente terei de reportar o dinheiro aplicado, mas nao haverá rendimento para pagar impostos.

      De qualquer forma, essa decisão sera tomada somente durnat eo ano de 2019 - após a entrega da declaração ao IRS.

      Um grande abraço,

      Excluir
    2. Ué mas como nào residente a sua corretora vai te obrigar a fechar a conta quando vc comunicar a eles (o que é obrigado por lei). Investir em lca/lci sem IR? nem pensar né pq o IRS vai te cobrar ganho de capital e rendimento será bem menor que CDBs
      Levaria tudo pros USA

      Excluir
    3. Ola anon - tudo bem ? A corretora nao obriga a fechar a conta - voce pode manter a conta aberta e investir com o dinheiro que já se encontrava no Brasil. O grande problema e investir com dinheiro de fora do Brasil pois é necessário cadastro na CVM - uma burocracia sem fim.

      O IRS vai me cobrar ganho de capital em qualquer lugar que eu esteja ... no Brasil ou nos USA. A questão é - os investimentos disponiveis por lá oferecem rentabilidade superior ao rendimento obtido por aqui mesmo descontado o imposto ? Obviamente que os rendimentos aqui sao maiores devido ao maior risco que o Brasil oferece.

      Dependendo de como for, eu nao ficarei permanentemente nos USA. Existe a possibilidade de trabalhar por 05 anos e depois ir para Europa. Caso isso ocorrer e o vencimento dos meus titulos de renda fixa for superior aos 05 anos, eu nao irei pagar imposto nos USA - irei pagar na Europa, o que dá quase no mesmo.

      Na pratica, para evitar toda a burocracia é capaz de eu levar todo o dinheiro para os USA. Entretanto, como nao tenho uma visao clara nesse momento de como vai ser meu futuro a medio prazo (05 anos); eu vou aguardar os dois primeiros anos e depois, dependendo de obter Green Card, eu vou levando mais capital para os USA ou então já preparando o plano Europa.

      Um grande abraço,

      Excluir
  17. Vc sabe qual alicota de IR voce pagaria nos EUA (com seu visto) sobre os rendimentos de dividendos de REITS por exemplo? Sei que do Brasil investindo lá pagamos 30% direto, mas e morando lá?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon, leia https://www.investopedia.com/articles/pf/08/reit-tax.asp
      e aqui https://taxfoundation.org/2018-tax-brackets/
      Vai depender de sua renda global. Pode variar de 10% a 37%

      Excluir
  18. Cara acho que me f...
    Moro aqui nos EUA a 4 anos com L1 e agora que descobri que tenho que pagar impostos global aqui.
    Acontece que tenho investido qse 500k no Brasil em LCI/LCA que sao isentas ai mas aqui não. Elas estao vencendo agora entao vai lascar tudo...se vai todo meu lucro...o que faço cara...me ajuda!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola anon - tudo bem ? Infelizmente nao vejo muita alternativa no seu caso. Tem que pagar os impostos e seguir o jogo ... talvez seja um bom momento para voce aproveitar e levar o dinheiro para os USA. Eu estou pensando em fazer isso assim que eu me mudar, porque é dificil ficar controlando operações em dois paises e um deles ainda nao estamos familiarizados com as regras tributarias (pelo menos eu nao estou familiarizado com as regras dos USA).

      Eu nao sei o seu caso especifico, mas eu nao pretendo retornar ao Brasil em um horizonte proximo, entao estou estudando e me informando para verificar se a melhor opção é levar tudo para os USA imediatamente e estou chegando a conclusão de que sim - essa é a melhor alternativa.

      Apenas nao caia na tentação de sonegar impostos - isso vai te trazer mais dor de cabeça no futuro. É um risco que nao vale a pena correr. Mesmo pagando os impostos voce ainda vai ter lucro, então é bola para frente e procurar alternativas interessantes por ai.

      Um grande abraço,

      Excluir