segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Atualização Patrimonial OUT/18 - R$402.058,88 (-4,21%)

Ola pessoal - tudo bem ? Aqui estamos com mais uma atualização patrimonial e como voces podem ver o meu patrimonio vem diminuindo a cada mês. Só para terem uma ideia, o dolar de fechamento no mes de Agosto estava BRL 4,16; ja no mes de Setembro caiu para BRL 3,99 e, finalmente, agora em Outubro caiu para BRL 3,72.

Então, o meu patrimonio em dolares passou a valer menos reais, mas nao quero entrar novamente na discussão filosofica do fechamento em reais ou dolares. Eu faço o fechamento em reais porque participo dos rankings e nao teria sentido fechar em uma moeda diferente, mas acompanha meu patrimonio em reais, dolares e euros - ja que quero passar parte do meu futuro na Europa.

Considerando essa queda do dolar, eu aproveitei e trouxe mais USD 26.075 dolares para cá, com cambio fechado (incluindo IOF e taxas) de BRL 3,83 - ou seja, trouxe mais BRL 100K para a terra do Trump. Agora meu patrimonio tem ainda mais volatilidade em relação ao real mas bem menos em relação ao dolar.

A minha expectativa era ter USD 3.968 dolares a mais do que tenho hoje. Parte dessa diferença se deve aos gastos extras que tive aqui com advogado e pagando multa de transito, mas parte se deve também ao custo de transferencia de dinheiro para cá - o IOF é de 1,1% e existe uma taxa fixa de USD 30 dolares com o banco que trabalho.

De toda forma, acredito que a evolução está conforme o esperado. A novidade do mes é que finalmente surgiu um interessado no meu apartamento - nao vou dar muitos detalhes por aqui - mas eu espero receber após pagamento de comissão, impostos, etc... algo entre BRL 400 e BRL 420K. A minha ideia e trazer também esse dinheiro para cá e começar a investir um pouco mais por aqui.

O mercado de capitais é enorme aqui nos USA e as opções sao inumeras. Por isso mesmo venho estudando bastante e tentando entender melhor como funciona a economia por aqui - o ritmo e os mecanismos sao bem diferentes. O mercado imobiliário por exemplo é muito aquecido - uma casa nao fica no mercado por mais de 40 ou 45 dias ... mas muitos estudos indicam preços esticados novamente e o potencial de uma crise grande no futuro. Alguns economistas estao alarmados mesmo, falando em possibilidade de crise nas proporções de 2008 - o que eu acho um pouco exagerado.

De qualquer forma, nunca se perde em estudar um pouco mais o mercado e caso venda do imovel se concretize, eu vou trazer o dinheiro e passar a investir um pouco todo mes a fim de ir entendendo melhor as opções no mercado.

Atualmente, estou investido atraves do meu plano 401K em tres fundos de indice distintos. O primeiro acompanha o desempenho do S&P500, ou seja, as 500 maiores empresas dos Estados Unidos. O segundo fundo acompanha um indice internacional composto por 3600 maiores empresas de economias desenvolvidas e, finalmente, o terceiro que acompanho o indice de mercados emergentes.

A minha alocação está 50% S&P500 / 40% Fundo Internacional Paises Desenvolvidos / 10% Fundo Internacional Paises Emergentes.

Agora quero começar a ir um pouco mais a fundo em REIT´s e diversificar um pouco mais. Um outro instrumento que quero avaliar com cuidado é o investimento "direto" em imoveis para aluguel - mas preciso ainda me aprofundar nos detalhes desse mercado por aqui.


Agora, a meta é alocar mais 6.500 dolares ate Dezembro e aumentar um pouco o patrimonio para entrar em 2019 com um pouco mais de distancia da linha dos 400K. 

Nesse meio tempo, estou programando uma viagem para a semana do Thanksgiving e vou aproveitar para renovar o passaporte do Estagiário Pobre. Em dezembro devo aproveitar o periodo de final de ano para voltar ao Brasil, acertar a situação na justica eleitoral, comemorar com a familia, rever alguns amigos, comer uma pizza e um cachorro quente daquelas peruas que tem na rua, ir em um rodizio de comida japonesa e voltar para cá.

Um grande abraço,

18 comentários:

  1. Legal. Quais fundos tem no seu 401k? Ta na ondinha da Vanguard ou foi par fundos sérios como o ishares da Blackrock?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola anon - tudo bem ? Os fundos que tem no meu 401K sao exatamente os que mencionei na postagem. Como a minha empresa contribui também para a conta 401K dos funcionários, eles escolheram a concorrente da Vanguard - a Fidelity. É lá que esta minha conta 401K (e de todos funcionários da empresa).

      Como disse antes, eu preciso me aprofundar nos estudos aqui do mercado americano - ainda estou muito enrolado com as burocracias diarias referentes a mudança de pais e preciso começar a verificar onde investir meu dinheiro.

      Um grande abraço,

      Excluir
    2. Entendi. Fidelity é ótima tbm ! Boa escolha de sua empresa. Abcs

      Excluir
  2. Olá executivo , mais um ótimo post amigo.

    Queria que você desse sua opnião nesse meu post.

    https://peaoplayboy.blogspot.com/2018/11/sera-que-compensa-ir-para-os-eua.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola anon - opiniao dada la na sua postagem. Interessante que descobri que existe um outro Executivo Pobre também comentou por lá - interessante que o perfil dele redireciona para o meu blog.

      Um grande abraço,

      Excluir
  3. Farmacêutico Investidor6 de novembro de 2018 23:56

    Oi Executivo, tudo bem?
    Bacana você estar se voltando ao mercado de capital americano, estou acompanhando a escalada dos preços dos ativos e há uma tendência forte de correção (a curva do S&P500 está em um nível de sobrecompra muito alto e historicamente 3la não fica muito tempo nesses patamares). Por enquanto estou mesclando compras de ações individuais (adquiri a 3M e a Colgate esses dias - houve um bom desconto) com fundos de índice. Você vai montar sua carteira nos EUA seguindo a proporção da sua carteira aqui? (50% bonds/50% REITs)?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola FI - tudo bem ? Sim, nos USA tem muitas opções e no começo chega a ser um pouco "assustador" pois sao muitas coisas novas, além de regras diferentes de tributação e outras coisas mais.

      A minha carteira nos USA eu pretendo ajustar um pouco mais arrojada do que era no Brasil. Com juros altos que temos no Brasil nao faz tanto sentido assumir mais riscos no mercado acionário, mas nos USA é diferente. Os juros sao baixos e voce precisa assumir risco se quiser buscar rentabilidade.

      Minha meta de rentabilidade é de 6% ao ano. Isso esta em linha com o rendimento historico do mercado de ações americano, mas eu pretendo ter uma carteira com algo como 50% em ações / ETF, outros 40% em REITS e 10% Bonds - isso ate meus 40 anos de idade. Depois vou aumentando a proporção dos Bonds para trazer mais estabilidade na carteira.

      Um grande abraço,

      Excluir
  4. O importante é manter os aportes religiosamente! Sua estratégia de investimentos esta certíssima. O mercado acionário americano é o maior do mundo e por isso mesmo é necessário muito estudo e analise antes de se aventurar. Investir em ETF sem duvida é uma opção. Diversificar somente se estiver estudado a fundo.
    Gosto muito dessa frase do Warren Buffett que reflete justamente isso:
    "A diversificação é proteção contra a ignorância. Não faz sentido se você sabe o que está fazendo. "
    Abraço!

    Executivo Investidor
    www.executivoinvestidor.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola EI - tudo bem ? Eu concordo - a disciplina com os aportes é importantissima nessa fase. Os aportes para o plano de aposentadoria ja sao descontados diretamente em folha - assim nao corro o risco de ter surpresas. Mas preciso melhorar no meu gerenciamento mensal - eu tive despesas nao planejadas e agora preciso correr atras para conseguir recuperar essa distancia de tres mil dolares que tenho hoje.

      Um grande abraço,

      Excluir
  5. Excelente post.
    Diversificar sempre é importante. Ainda mais em moedas estrangeiras.
    É dificil ver o patrimonio cair assim mas fazer o que. Faz parte.
    Grande abraço.
    Sigo acompanhando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola PFI - tudo bem ? Como estou vivendo por aqui, eu me preocupo mais com o fechamento em dolar. O acompanhamento em reais é apenas para comparar nos rankings e ter esse momento com os colegas - claro que se o dolar disparar para 5 reais - talvez eu me aposente antes no Brasil.

      Em relação a minha meta em dolares, eu estou 3000 dolares atrasado em aportes - a maior parte porque tive de pagar multa e contratar advogado - ou seja, despesas nao planejadas. Mas no geral o patrimonio esta como o esperado.

      Um grande abraço,

      Excluir
  6. Executivo, vou sair do tema do post pra fazer um comentário e questionar uma coisa.

    Você fala sobre sua profissão, o cotidiano de seu trabalho, organização da empresa etc. Você deve saber que aqui no Brasil é o sonho de muitas pessoas trabalhar em multinacionais ou simplesmente trabalhar em grandes empresas. Há grandes e competitivas empressas brasileiras que incluo no meu raciocínio.
    Muitas dessas pessoas tem esse desejo muito mais por vaidade do que por conhecimento sobre a empresa, real desejo de desenvolver carreira lá ou algo do tipo.
    Aí eu te pergunto:

    Realmente trabalhar numa grande empresas ou multinacional é tão vantajoso como parece pra muitas pessoas?

    Tem muita gente que ao procurar emprego praticamente ignora oportunidades em pequenas e médias empresas, mesmo quando essas estão passando por bons momentos em termos de desempenho e crescimento.
    Não acha isso um erro? Talvez uma pequena empresa em crescimeno tenha mais a oferecer que uma grande estagnada.

    Enfim Executivo, fale conosco a respeito disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola anon - tudo bem ? Desculpe a demora na resposta - eu acho que o tema merece uma postagem especifica.

      Mas tentando resumir um pouco, muitas pessoas querem trabalhar nas empresas de "grife" - aquelas que qualquer um conhece pelo nome. Isso abre portas para entrevistas e oportunidades no mercado; mas nao é necessariamente a melhor opção para quem quer fazer dinheiro.

      Nessas empresas voce tem muito mais niveis hierarquicos e a sua promoção depende muito mais de fatores politicos. Além deisso, essas empresas nao sao nem 5% do total de empresas no pais - isso significa que voce tem mais de 95% de chances de nao trabalhar em uma empresa dessas. As pequenas e medias empresas ainda sao o lugar para fazer bastante dinheiro se a pessoa tem competencia e habilidades necessarias; alem de ser mais facil mostrar seu trabalho pois a exposição é muito maior. também costuma ser um lugar melhor para aprendizado, ja que frequentemente uma pessoa faz mais de uma atividade ou tem responsabilidade por mais de uma area da empresa.

      Eu concordo que a pequena e media empresa tem mais a oferecer para quem esta iniciando a carreira ... para quem ja conseguiu subir um pouco no organograma, as grandes empresas acabam trazendo aquele reconhecimento que abre portas para movimentações internacionais, se esse for o desejo e o plano da pessoa.

      Um grande abraço,

      Excluir
    2. Multinacionais só te sugam o sangue e é extremamente dificil para subir de cargo já que a competicao com os mais edudados geralmente dos paises de primeiro mundo impede que os tupiniquins galguem patamares maiores que coordenacao. Empresas menores tem muito mais potencial de crescimento a meu ver

      Excluir
  7. Volatilidade do dolar te pegou, mas está fazendo o certo em ^triar seu patrimônio do Brasil, caminho que pretendo seguir futuramente, pelo menos uns 30% fora das garras dos polítocos malucos do BR.

    Já resolveu toda a questão da multa de transito que poderia dar cadeia?

    Bons investimentos!

    ResponderExcluir
  8. Executivo pobre,

    Parabéns pelos resultados que está alcançando!

    Um bom final de semana,
    Simplicidade e Harmonia

    ResponderExcluir
  9. Grande executivo!

    Muito legal acompanhar seus posts, principalmente agora em terras americanas pra ver como é a vida por aí.

    Se tudo der certo estarei visitando aí em breve (porém outros estados) e também trabalhando fora do Brasil.

    Grande abraço, sucesso.

    ResponderExcluir
  10. EP, vc que ta morando aqui tbm, como declarar ao IRS uma LCI que venceu no Brasil e não houve cobrança de IR. Vc colocaria o valor do rendimento total como lucro e paga ao IRS como renda ou existe algo que diz que rendimentos não tributados no Brasil também não sao tributados aqui?
    Essa de worldwide income é um prejuízo grande para nós aqui não é? Alguma dica de como vc vai fazer?

    ResponderExcluir