segunda-feira, 1 de novembro de 2021

Atualização Patrimonial OUT/21 - R$1.605.778,67 (+2.68%)

 Ola pessoal - tudo bem ? Como voces sabem, eu andei meio ausente por aqui e acabei nao postando a atualizacao patrimonial do mes passado. Entao, para nao ficar com uma "divida" muito grande, vou postar aqui a atualizacao do mes de Outubro e tambem comentar os motivos da minha ausencia.

O primeiro motivo e que eu fiz uma viagem de ferias muito interessante. Durante duas semanas, nos decidimos fazer o circuito que os americanos chamam de "Grand Circle" - na verdade, se trata de um roteiro que passa por diversos parques nacionais em Utah e Arizona e nos adicionamos tambem uma visita ao Death Valley na California. Essa foi uma das viagens mais marcantes que fizemos aqui nos USA - disputando fortemente com a visita que fizemos ao parque Yellowstone.

Falei um pouco da nossa viagem no fechamento patrimonial anterior - entao, nao vou escrever detalhes novamente por aqui, mas quero ressaltar que foi uma das melhores viagens que fizemos dentro dos USA. As paisagens do deserto, as montanhas e canyons, a sensacao de dirigir por horas no deserto e observar o ceu noturno longe das luzes da cidade sao experiencias que valem muito a pena.

O segundo motivo da minha ausencia por aqui foi exatamente o retorno ao trabalho. Voltei com uma serie de desafios a serem superados  tive de concentrar bastante para desenvolver as acoes e deixar as coisas mais encaminhadas. Isso levou algumas semanas porque, em paralelo a tudo isso, tivemos o fechamento do nosso ano fiscal e a avaliacao de performance dos times. Essas diversas atividades tomam bastante tempo e acabei trabalhando bastante dias ate bem mais tarde, incluindo final de semana. Em meio a tudo isso, tivemos de conciliar as consultas medicas do Estagiario Pobre Junior e tratamento de um pequeno problema de saude que ele enfrentou.

Felizmente, no momento as coisas estao mais controladas e estamos conseguindo ajustar os planos para os proximos anos e muita coisa nova vem acontecendo e vou tentar colocar em um pouco mais de detalhes:

- Eu venho falando um pouco do meu descontentamento com determinadas posturas da lideranca executiva da empresa e da forma como as metas e projetos estao sendo desenvolvidos. Comentei tambem na postagem passada que acreditava em um encerramento de ciclo na empresa, pois existe uma pressao grande para uma atuacao de forma diferente do que eu acredito. Quero deixar claro que essa pressao por atuacao diferente nao tem nada de atitudes antieticas ou algo nesse sentido - a pressao vem pela forma de relacionar com o time e com os pares, a cultura de todos se protegerem em vez de fomentar a colaboracao. Sei que isso pode parecer ingenuo, mas acreditem: com a minha experiencia eu ja vivenciei isso em outras oportunidades e quando o clima interno comeca a se deteriorar de forma acelerada, os melhores funcionarios comecam a sair do barco porque nao acreditam mais na lideranca e na habilidade do capitao conduzir o barco ao porto.

- Dito isso, tem uma questao pessoal (tema de saude) afetando a saude de familiares proximos que esta sendo tema de preocupacao. Alem disso, existe uma segunda preocupacao em relacao as oportunidades profissionais aqui nos USA enquanto nao temos o green card disponivel e essas mudancas na lideranca executiva sao uma preocupacao adicional.

Tudo isso e mais alguns outros pontos que sao mais complexos de se dividir por aqui - esta incluido na nossa avaliacao para os passos futuros e a decisao de retornar ou nao retornar ao Brasil.

Por hora, decidimos adquirir um imovel no Brasil novamente - em um bairro que gostamos bastante e ja moramos anteriormente. Pesquisamos e depois de algum tempo conseguimos fechar um negocio interessante na aquisicao de um apto e assinatura de contrato esta prevista para essa semana e vamos "passar a escritura" no proximo mes.

Em paralelo, acionei alguns contatos que tenho para entender como esta o mercado no Brasil e se teria uma posicao interessante nas empresas onde eles trabalham. Essa acao e um plano B para o caso de a empresa nao topar me transferir para o Brasil (na verdade, como isso traria uma reducao de custo para empresa, tanto eu como meu chefe nao acreditamos que isso sera problema) ou entao, caso a empresa decida me fazer uma oferta menos atrativa sabendo que eu teria de retornar de qualquer forma considerando esses problemas de saude na familia.

Nunca sabemos o comportamento da empresa - podem me enviar uma oferta muito boa considerando meu historico de resultados na empres ou podem enviar uma oferta muito ruim aproveitando para "economizar" nos salarios sabendo que nao tenho muita alternativa no momento. Por isso mesmo, ja verifiquei com esses contatos para entender melhor se haveria espaco na organizacao onde eles trabalham e tem uma vaga que sera aberta no inicio do proximo ano em uma empresa concorrente que parece ser bastante interessante. 

Em paralelo, a Sra Executiva Pobre tambem acionou a rede de contatos e ja tem uma oferta de trabalho como professora universitaria em uma universidade onde uma grande amiga e coordenadora de determinado curso por la. Essa tambem pode ser uma porta a ser aberta caso eu decida ir lecionar (um objetivo antigo que tenho).

Bom, consideranto tudo isso, tenho de aguardar a oferta a ser recebida da empresa e irei compartilhar se sera atrativa ou nao. Tenho de estar preparado tanto para uma "alegria" e reconhecimento pelo trabalho feito ate o momento quanto para uma "decepcao". Como sempre, vou torcendo pelo melhor e me preparando para o pior.

Agora, a avaliacao patrimonial passa a ter uma analise um pouco diferente, pois caso eu retorne ao Brasil, preciso estar preparado para alguns custos de transferencia de dinheiro (IOF, spread cambial, taxas de bancos, etc...) e tentar ser um pouco conservador. Divido essa analise preliminar com voces nos comentarios abaixo:


1) Reserva de Emergencia / Caixa: USD 190.416 ou BRL 1.058.701

2) Investimento Acoes USA: USD 76.538 ou BRL 425.551

3) Investimento REIT USA: USD 21.857 ou BRL 121.524


Assim sendo, dentro desse mes eu devo reduzir o Caixa ja que vou comprar um imovel (BRL 600K) e colocando as custas de cartorio e outras despesas com corretor, devo ter uma despesa de aproximadamente, uns BRL 650K.

Estamos tambem considerando uma reforma no apartamento, que para ser sincero, eu nao tenho ideia do valor. Como sempre, vou projetar para o pior cenario (ao menos nos meus calculos) que seria um valor de BRL 150K - levando entao a um total de BRL 800K considerando todos os custos e despesas.

Em teoria, isso deixaria um espaco para investir outros BRL 800K, mas eu estou considerando somente BRL 700K devido ao spread cambial e tambem outros custos potenciais.

Estou avaliando a possibilidade de "deixar" esse dinheiro envestido nos USA, mas estou confirmando com corretoras mais focadas no publico brasileiro se elas aceitam a transferencia de dinheiro de conta americana para a conta da corretora.

De toda forma, para fazer a conta total - eu tenho tambem BRL 208K a ser recebido nos proximos meses, ainda fruto da venda do meu imovel no Brasil algum tempo atras. Isso levaria o total investido para BRL 900K, aproximadamente.

Esse numero e importante porque eu nao tenho certeza se dentro desse processo eu seria capaz de manter meu trabalho por muito tempo - estou considerando 1 ano. Acredito que consigo manter o meu emprego atual ate o final de 2022, e considerando certo nivel salarial, eu conseguiria aportar o suficiente para elevar os investimentos para o nivel de BRL 1M.

Assim sendo, e considerando um retorno mensal de 0.6%, eu poderia ter uma renda de (aproximadamente) 6K, e considerando tambem outros 6K do trabalho ja confirmado da SRA Executiva Pobre, eu teria condicoes de manter uma vida confortavel enquanto procuro outro emprego. Obvio que nao vou aguardar uma potencial demissao para comecar a olhar o mercado - na realidade, ja iniciei essa atividade e estou monitorando potenciais oportunidades.

Tenho ainda um emprestimo a ser recebido no futuro (BRL 280K) mas nao estou considerando no momento, ja que a data de vencimento e somente em 2024.

Obvio que ainda esta tudo muito superficial porque nao tenho a informacao/decisao de quanto vou conseguir manter investido aqui nos USA, mas para efeitos de calculo (como voces observaram) eu considerei todo patrimonio alocado no Brasil pois essa e a opcao que apresentaria maior custo.

Ainda muitas incertezas no processo e, adicionalmente, meu atual chefe esta sendo pressionado para aceitar uma posicao na Europa e ele quer me levar para o novo time que ele vai assumir. Tambem separando por partes - e otimo que meu chefe atual queira me levar para o novo projeto que ele vai assumir e isso pode me trazer um tempo maior na empresa do que os 12 meses que estou considerando, caso o projeto seja interessante e desafiador. O lado ruim e que eu sei que minha lideranca via mudar caso eu permanecer na posicao atual e os atuais "candidatos" sendo considerados tem um estilo de lideranca bastante diferente do meu, o que pode trazer mais insatisfacao para os dois lados.

Entao pessoal, esse foi o motivo de estar ausente pelas ultimas semanas. Como voces podem ver tem bastante coisas acontecendo e que afetam de forma bastante direta os meus planos para futuro.

Um grande abraco,


15 comentários:

  1. A leitura dos seus posts é bem prazerosa. Dá para ver que você é bem comedido e equilibrado. Parabéns pelo sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola anon - muito obrigado pelo comentario. Eu tento analisar as coisas de uma forma mais "tranquila", mas sei que nem sempre consigo. O fato de compartilhar as ideias por aqui e receber comentarios do pessoal tambem me ajuda bastante no processo para tentar encontrar um certo equilibrio nas analises.

      Um grande abraco,

      Excluir
  2. Bom dia EP! Cara, que pena que está tendo estes problemas! Espero que se resolvam! Mundo corporativo é assim mesmo, existem desperdícios ilógicos e burocracias burras que acabam minando nossa paciência. Mas pelo menos o que funciona comigo é focar no salário e compensar esses desprazeres com os prazeres trazidos pelo dinheiro do salário (no meu caso principalmente viajando). Sugestão: Aproveite o salário em dólar pra gerar o máximo de caixa possível. Um salário em dólar equivale a 5x um salário no Brasil e com isso você atinge 5x mais rápido o FIRE no Brasil...

    Grande abraço!
    VVI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola VVI - tudo bem ? Voce tem razao: ter rendimentos em dolar ajuda bastante a manter a motivacao. O mundo corporativo sempre teve e continuara tendo as suas dificuldades. A grande questao e que quando vamos avancando na carreira, vamos acumulando experiencia, acumulando uma rede de protecao financeira um pouco melhor e vamos resolvendo outros pontos da nossa vida, entao os problemas do mundo corporativo vao tomando uma proporcao maior.

      O grande segredo e tentar separar o que e ruido dentro desse processo. O que e uma insatisfacao momentanea do que e uma falta de proposito ou de motivo para agir. No meu caso, eu acredito que o caminho inevitavel e uma mudanca de carreira e acho que isso vai ser cada vez mais comum daqui para frente. As pessoas vao vivendo mais e, por consequencia, tambem trabalhando cada vez mais tempo e isso permite explorar diferentes carreiras durante a vida profissional.

      Eu tenho um grande interesse pelo mundo juridico, entao eu acredito que ainda vou explorar uma carreira nessa area e tambem tenho grande interesse em ser professor. Nao tenho tanto interesse na pesquisa em si, mas gostaria muito de ser aquele professor da "sala de aula" mesmo e transmitir conhecimento. O projeto que tenho em mente inclui aproveitar rendimentos do patrimonio acumulado e ter a Sra EP e eu trabalhando por meio periodo, para ja comecarmos a ter mais tempo disponivel para filhos e hobbies em geral.

      Mas, voltando ao ponto inicial, ganhar em dolares ajuda nesse processo. Vamos ver como as coisas andam na empresa e quando (porque acho que nao vai existir outra opcao) eu receberei uma oferta para transferencia para Brasil.

      Um grande abraco,

      Excluir
  3. Quem acompanha seus fechamentos mensais pode tirar ótimas lições sobre o mundo corporativo e carreira, todas girando sobre a necessidade de sempre entender os próximos passos no trabalho, as consequências e o que podemos fazer a respeito para nosso benefício ou proteção.

    Se você voltar para o BR será uma pena, o país não está nem de longe parecido com antes de você sair. Essa oportunidade na Europa é bem interessante, mas o grande clichê que ouço sobre trabalhar no Velho Mundo é que lá é melhor para quem foca em qualidade de vida e não tanto em dinheiro. Você tem essa visão?

    Abraços,
    Pi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Poupador - tudo bem ? Muito obrigado pelo comentario - fico feliz de poder dividir um pouco da minha experiencia no mundo corporativo.

      Quanto ao retorno para o Brasil, eu tenho uma visao bastante pragmatica. Eu morei no Brasil por mais de 30 anos e vi o pais em situacoes ruins, pessimas e tambem menos ruins. Acho que nunca vi em boas condicoes, mas sempre trabalhamos e vivemos nesse pais.

      Nao quero dizer, de forma alguma, que a situacao nao tenha piorado. Acho que voce esta coberto de razao - mas nos sabemos que a percepcao do pais e diferente dependendo da "bolha" que cada um esta vivendo. E facil a pessoa ter a percepcao que a estrutura de saude e ruim no pais quando ela precisa pegar fila no SUS para marcar consulta; mas e uma percepcao totalmente diferente se a pessoa tem acesso ao atendimento no Hospital Sirio Libanes, por exemplo (sim, eu sou de Sao Paulo - capital).

      Obvio que nao vou dizer que o Brasil e melhor que os USA, porque isso nao seria uma verdade. Mas, dependendo das condicoes, e possivel ter uma vida bastante confortavel no Brasil e evitar muitos dos problemas do dia a dia. Claro que o desafio e ter patrimonio para suportar essa estrutura, mas e para termos uma condicao melhor que todos nos trabalhamos, certo ?

      A minha "tranquilidade" em voltar ao Brasil e o fato de poder sair do Brasil e ir morar na Europa (que tambem tem paises com otima condicao de vida) a qualquer momento. O fato de nao depender exclusivamente de conseguir um visto para os USA - acaba abrindo mais o leque de oportunidades.

      A grande duvida ainda qual seria a oferta que poderia receber da empresa para ser transferido de volta ao Brasil ? Se for um salario interessante - muito bom. Se vier um salario baixo e eu realmente tiver de voltar devido os temas que mencionei na postagem, entao sera o momento de olhar com mais cuidado e carinho para oportunidades no mercado.

      Um grande abraco,

      Excluir
  4. Baiano Mineiro Paulista2 de novembro de 2021 11:16

    Olá Executivo pobre,

    Sou um leitor assíduo do seu blog e estou de mudança em janeiro para os Estados Unidos. Uma pergunta, com toda essa mudança que pode ocorrer, como ficará o seu processo do green card?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Baiano Mineiro Paulista - tudo bem ? Se realmente ocorrer essa mudanca, entao eu nao terei green card. O processo fica suspenso quando voce sai do pais e como nao retornarei em 6 meses, entao o processo e considerado como "abandonado" por minha parte e cancelado.

      Mesmo se eu obtiver o green card, caso eu voltar ao Brasil e ficar fora dos USA por bastante tempo, tambem causa o cancelamento do green card. E, na verdade, isso faz todo sentido porque o Green Card e uma autorizacao para residencia permanente nos USA e se eu nao estiver residindo permanentemente por aqui, entao nao faz sentido o governo manter um green card.

      Um grande abraco,

      Excluir
  5. Olá EP!

    Pelo visto a decisão de voltar já foi tomada, se já comprou imóvel. Acho que se estivesse na dúvida ainda alugaria uma moradia. Bem-vindo de volta ao Brasil e espero que consiga uma boa proposta, do meu ponto de vista acho que é a melhor situação possível, viver aqui no Brasil ganhando em dólar.

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Bilionario - tudo bem ? Acho que a decisao de voltar esta bem encaminhada, apesar de ainda nao estar 100% concluida. Como a decisao tem relacao com um tema de saude na familia - estamos aguardando duas coisas: o desenrolar da questao medica e tambem a proposta da empresa para uma eventual transferencia.

      Na verdade, tambem existe alguns detlhes adicionais que eu acabei nao incluindo no texto, mas o principal e que a empresa vem analisando e "encorajando" fortemente as pessoas a voltarem ao seu pais de origem como uma forma de reduzir custos. Depois de quase 2 anos trabalhando em regime de home-office fica bastante dificil explicar porque a pessoa tem de estar fisicamente no local A e nao pode trabalhar remotamente no local B.

      Dessa forma, as pessoas que foram transferidas de paises "cost effective" - isso para nao dizer "pais de baixo custo", estao sendo "convidadas" a analisar a possibilidade de retorno. Entao, a questao do retorno vai acontecer mais cedo ou mais tarde e, por esse motivo, eu avancei com a compra do imovel - mesmo antes de ter essa outra questao de saude na familia.

      Agora, acho que nao vou em enquadrar na melhor situacao que voce comentou: viver no Brasil e ganhar em dolar. Provavelmente, vou viver no Brasil e ganhar em Reais mesmo. A questao e qual sera a proposta da empresa e se ela sera atrativa o suficiente para me "incentivar" a retornar.

      Obviamente que eles nao sabem da questao familiar e muito menos da compra de imovel no Brasil. Essas informacoes podem dificultar um pouco mais as negociacoes, uma vez que se eles souberem que eu ja estou inclinado a voltar devido aos temas pessoais que comentei, entao podem mandar uma oferta um pouco mais baixa, sabendo que eu nao teria muita margem para negociacao.

      Tambem estou curioso para saber qual vai ser a oferta para poder ponderar se (em caso de retorno), eu irei colocar 100% da atencao nos projetos que tenho para esse ano ou se irei dividir um pouco da atencao para encontrar outras oportunidades no mercado.

      Um grande abraco,

      Excluir
  6. Trabalho no mundo corporativo também e você é meu coach a distância rs. Agradeço muito pelos seus posts e saiba que tem aqui um fã torcendo pelo seu sucesso... abraços!!

    ResponderExcluir
  7. Impressionante essa historia de querer morar em outro local e como a grama é sempre mais verde aonde nao estamos haha
    Morei na austrália por um ano e trabalhava como técnico rodoviário, quando estava la apesar de ganhar bem me sentia sozinho e queira voltar, agora que estou no Brasil tenho uma boa infraestrutura e familiares perto mas ainda assim tenho vontade de voltar pra lá.

    ResponderExcluir
  8. Fala EP. Não sei se viu, mas estou divulgando um ranking da blogosfera de finanças, e como você é antigo aqui na nossa comunidade, sempre regular nas postagens, tomei a liberdade de te incluir nesse acompanhamento. Dá uma passada lá, e se puder, divulga aqui no seu blog:
    https://diariodeumpoupador.blogspot.com/2021/11/atualizacao-ranking-outubro21-novos.html

    Forte abraço e sucesso meu amigo

    ResponderExcluir
  9. Bom dia EP!
    Te sigo há anos e sua sensatez é sempre constante. Sempre aprendemos com vc!

    Sinto muito pela situação de saúde que enfrenta a sua família. Podemos pensar e estruturar tudo que está ao nosso controle ... o que está fora do nosso controle, como saúde por exemplo, fazemos o melhor ao nosso alcance.

    Uma dúvida: vc chegou a pesquisar ou decidir o que fazer com o 401k caso decide voltar para o BR?

    Desejo o melhor para vc e sua família!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Bom dia EP!
    tudo vai se encaminhar para o melhor, você tem muita sabedoria e competência e sei que irá tomar as melhores decisões!
    E desejo muita saúde e sucesso para você e sua família!
    EP, estou mudando para os Estados Unidos em Janeiro numa proposta de expatriação da Italia para a California.
    Por hora, meus planos são investir no Brasi até aprender a investir nos EUA.
    Quero aproveitar que teremos alguel e carro por conta da empresa, e acumular o máximo que puder pelos proximos tres anos de contrato! Recebei em EURO ainda, e a empresa faz a conversão porque meu contrato local ainda é na Itália. (você me deu várias dicas em outro POST de negociação de contrato, muito obrigado!)
    quais corretoras você indica? por onde começar a investir nos EUA considerando que recebo em EURO?
    Sim, ja tenho várias estratégias mas A SUA OPINIÃO muito me vale!
    obrigado por tanto conteudo rico!
    você é um sucesso.

    ResponderExcluir